Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Portugal acolhe mundiais

31 de Março, 2014

Campeonatos do Mundo de canoagem de pista e maratonas em 2018,

Fotografia: Jornal dos Desportos

Portugal vai organizar os Campeonatos do Mundo de canoagem de pista e maratonas em 2018, decidiu ontem a Federação Internacional (ICF), reunida em Lausana, Suíça.Uma semana após a Associação Europeia de Canoagem (ECA) atribuir a Portugal os Europeus de maratona em 2017 (Vila Nova de Gaia), agora foi a vez da ICF premiar a Federação com os Mundiais de pista (Montemor-o-Velho) e maratonas (Prado, Vila Verde) em 2018.“É mais uma prova da atenção que a canoagem merece do país e dos seus responsáveis. Além dos excelentes resultados internacionais, ímpares no desporto português, também consegue trazer para o país as mais importantes provas a nível mundial”, disse à agência Lusa Mário Santos, antigo presidente da Federação, que participou na decisão do conselho executivo da ICF, composto por 25 elementos de todos os continentes. Mário Santos revelou ainda que o país também ganhou Taças do Mundo de pista e maratonas para 2016.

“Todas estas provas são muito importantes para a sustentabilidade das parcerias e infra-estruturas que temos, em especial o Centro de Alto Rendimento de Montemor-o-Velho, que merece maior atenção e cuidado da tutela”, frisou.Mário Santos acredita que as cinco provas internacionais que Portugal vai organizar até 2018 também “projectam a imagem de um país competente e audaz, capaz de organizar os dois maiores eventos internacionais da modalidade num mesmo ano, tal como em 2013, com os Europeus de pista e maratonas, separados por apenas uma semana”.Depois de ter organizado os Mundiais de maratonas em 2009, Portugal promoveu os Europeus sub-23 e júnior de pista em 2012, assim como os europeus absolutos de pista e maratonas em 2013, ano em que teve a responsabilidade do I Campeonato do Mundo de caiaque de mar: em 2014, organiza o primeiro europeu desta disciplina. Do vasto lote de candidaturas que Portugal apresentou, apenas o Mundial de Ocean Racing 2015 não foi assegurado, sendo disputado no Taiti.