Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Presidente da Fajudo prevê medalhas no Africano

16 de Abril, 2013

Antónia de Fátima “Faia” seguiu ontem para a capital moçambicana

Fotografia: Jornal dos Desportos

O presidente da Federação Angolana de Judo (FAJUDO), Pedro Nzinga, manifestou ontem, em Luanda, a esperança na conquista de maior número de medalhas da selecção nacional no Campeonato Africano, por equipas e individuais, em ambos os sexos, que se disputa de 17 a 21 deste mês, em Maputo.       

Em declarações à Angop, o dirigente desportivo afirmou que o judo angolano já granjeou prestígio internacional e tem o dever de lutar pelo pódio em todas as provas em que participa, apesar da renovação em curso na selecção.

“O judo angolano ficou muito afectado com problemas administrativos resultantes do processo eleitoral na federação. Mas, tal como no passado, achámos que não podíamos ficar de fora do Africano de Maputo e tudo faremos para lutar pela conquista de maior número de medalhas possível e prestigiar o país”, disse.      
      
Acrescentou que a representação nacional também já foi definida tendo em vista a preparação para o futuro, notando-se na composição a simbiose entre a juventude e a experiência.

A selecção seguiu ontem para a capital moçambicana, com dez integrantes, entre os quais se destaca a judoca olímpica Antónia de Fátima “Faia” (-70kg).