Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Priscah troca Luanda por Brasil

23 de Dezembro, 2014

Priscah Jeptoo ( direita) subiu ao pdio de Luanda ano passado depois de um passeio na ltima etapa da prova na lindas Marginal da capital de Angola

Fotografia: Jornal dos Desportos

A campeã da 58ª edição da São Silvestre de Luanda, Priscah Jeptoo, troca a corrida angolana pela brasileira, que organiza  a 90ª edição no dia 31 de Dezembro, no Rio de Janeiro. A queniana confirmou ontem a participação na tradicional corrida da América Latina.

A prova do Brasil  conta com as confirmações do etíope Tariku Bekele, campeão de 2011,  da queniana Nancy Kipron, vencedora do ano passado. Para tornar a corrida de rua da América Latina mais forte, para além de Priscah Jeptoo primeira classificada em 2011, a prova conta com Mark Korir vencedor da Meia Maratona Internacional do Rio de Janeiro, do mesmo ano.

Aos 30 anos, Priscah Jeptoo regressa ao Brasil para tentar o segundo título na São Silvestre. Recordista da prova com 15 km, com a marca de 48min48s, a queniana conseguiu melhorar o seu tempo na distância nesta época, com 46min59s, na Holanda, em Novembro último. A queniana ainda tem outras conquistas importantes no seu currículo: a medalha de prata do Mundial de 2011 e nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, ambos na maratona. A atravessar boa forma desportiva é séria candidata à vitória.

Mark Korir, de 29 anos, não fica atrás e também é outro destaque da competição brasileira com uma série de grandes resultados. Entre os seus feitos estão os títulos da Meia Maratona do Rio de Janeiro e a 10K Rio, ambos em 2011, ano que foi segundo classificado na São Silvestre, marcando o seu melhor tempo para os 15 quilómetros, em 43min58s.

No ano seguinte, foi vice-campeão na Meia Maratona do Rio e terceiro na São Silvestre. No ano passado, foi o melhor na Meia Maratona das Cataratas, estabeleceu o novo recorde, é vice-campeão na Meia do Rio e na Maratona da Coreia do Sul. No final de 2013, foi vice-campeão da São Silvestre.