Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Projecto Okuhateka corre na Huíla

Gaudêncio Hamelay, no Lubango - 20 de Abril, 2015

Ana Isabel mentora e presidente da direcção de projecto de massificação do atletismo

Fotografia: Kindala Manuel

O projecto Okuhateka de atletismo, concebido pela antiga praticante Ana Isabel, vai ser lançado oficialmente no sábado, na cidade de Lubango, perante as entidades do desporto local e nacional, numa cerimónia a decorrer a partir das 7h00, no campo pelado adjacente à Universidade Mandume Ya Ndemufayo.

Inserido na massificação de atletismo nas escolas dos municípios e das comunas da província da Huíla, o lançamento vai ser testemunhado pelo ministro da Juventude e Desportos, Gonçalves Muandumba, pelo governador Provincial da Huíla, João Marcelino Tyipingui, pelos administradores municipais, directores de escolas públicas e privadas, entre outros convidados. 

Fomentar a prática do atletismo nas instituições de ensino nas comunidades e possibilitar a identificação de talentos desportivos, constituem os objectivos que motivaram a antiga fundista Ana Isabel Elias.

Consta igualmente dos objectivos gizados pelo projecto destinado a petizes dos dez aos 17 anos, contribuir para o desenvolvimento integral do aluno-atleta como ser social, autónomo, democrático e participante, bem como estimular o exercício da cidadania através do desporto.

Severino Xavier Fernandes, da comissão organizadora, destacou que o projecto tem por finalidade aumentar a participação de actividades desportivas em todas as instituições de ensino público e privado, assim como promover a ampla mobilização das crianças e da juventude estudantil angolana em torno do desporto. Durante a apresentação do projecto vai haver corridas de velocidade, estafetas 4x100 e 4x400 metros, saltos em comprimento e lançamentos de peso, além da entrega de placas de mérito aos convidados.

Para melhor funcionamento do projecto foram criados alguns órgãos de direcção. Assim sendo, a Mesa da Assembleia-geral tem à cabeça João Marcelino Tyipinge (presidente) e Luís Tavares de Carvalho (vice-presidente). Ana Isabel Elias é a presidente de direcção, Francisco João Barros Leonardo (vice-presidente), Américo Chicote (vice-presidente para Assuntos Académicos), Valentim Altino de Chantal Matias (vice-presidente para Relações Públicas) e José Cayamba Carlos (secretário-geral).

Integram a coordenação técnica, Severino Xavier Fernandes (coordenador geral), Yolanda Kupwiya e José Pedro (coordenadores Adjuntos).

Para os municípios, os coordenadores são: Manuel Pereira Domingos (Lubango), Constantino Chivango Manuel (Humpata), Armando Jinda Valeriano (Chibia), Domingos Tchatuvela (Matala), André Tcatuvela (Quipungo), Luís António Carime (Jamba), Damião da Silva (Quilengues), Gourgel Floriano Evaristo (Gambos), Walter Valeriano (Cacula), Domingos Caivala (Caconda), Rafael Chimbogo (Caluquembe), Paulino Cavintém (Chipindo), Maurício Dinis Chimba (Kuvango) e João Paulo (Chicomba).