Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Prolas acarinhadas antes do embarque

SILVA CACUTI - 25 de Novembro, 2019

Delegao angolana parte esta quarta-feira para o palco da competio

Fotografia: Jos Cola| EDIES NOVEMBRO

A Selecção Nacional sénior feminina de andebol recebe hoje um kit de comunicação, que vai permitir que as atletas mantenham contactos com seus parentes, enquanto disputam o Campeonato Mundial em Kumamoto, Japão. O kit é uma oferta da empresa operadora de telefonia Unitel, uma das patrocinadoras da equipa que também é conhecida pelo nome de "Pérolas".
A cerimónia de entrega está agendada para hoje, no Hotel Trópico. É entendida como sendo um gesto de carinho, uma vez que a Selecção Nacional embarca na próxima quarta-feira para o palco da competição.
Morten Soubak, timoneiro da equipa angolana, disse que as suas pupilas partem com missão de "fazer o melhor" pelo país, mas chamou atenção para o facto de haver quatro selecções europeias do grupo. Fez lembrar, que, diante de selecções europeias, Angola não tem um bom historial em mundiais, além de que foram alterados os moldes de disputa.
Cada grupo de seis equipas da fase preliminar apura somente três para a próxima fase do mundial, ao passo que antes apurava quatro equipas.
As Pérolas começaram a preparação para o mundial em Junho e fizeram um percurso inédito com a disputa de vários torneios, mas a última fase da preparação ficou afectada pelas dificuldades cambiais e financeiras, que impediram a realização de um curto estágio para ambientação às oito horas de diferença com a cidade do mundial. Elas partem no dia 27 e depois de uma escala de cerca de sete horas em Frankfurt, Alemanha, chegam a Kumamoto no dia 29, para jogar no dia 30, diante da Sérvia, na ronda inaugural.
O percurso preparatório começou com a participação no Troféu Carpati, em Bucareste, Roménia. Onde venceram o Japão (26-21), Roménia B (29-18) e empataram 21-21 com a Roménia A. Em Agosto a selecção venceu o torneio de Busan, na Coreia do Sul, ao derrotar as equipas do CS Gloria da Coreia, 28-20; HC Zvezda Zvenigorod da Rússia, 35-23; Busan Bisco, 36-29 e Austrália 36-10. A Selecção Nacional empatou ainda diante do clube dinamarquês Ringkobing Handbold, por 20 golos.
Depois a equipa foi disputar e conquistar, em Rabat, Marrocos os Jogos Africanos, com vitórias sobre a Guiné, 30-19; Nigéria, 33-16; Marrocos, 45-11; República Democrática do Congo, 27-21; Uganda, 36-12; Guiné, 31-14 e Camarões, 28-25 na final.
A Selecção Nacional disputou ainda o Torneio Pré-olímpico de Dakar, Senegal, em que venceu as congéneres local por 22-14 e da RDC por 29-21.
O treinador trabalhava até na última semana com 20 atletas, mas dispensou Claudeth José, Joana Costa (pontas), Marília Quizelete e Vilma Nenganga (centrais).
Angola vai jogar o mundial com Teresa Almeida “Bá”, Helena de Sousa, Amália Pinto (guarda-redes), Janeth Santos, Vilma da Silva, Iracelma da Silva (pontas), Albertina Kassoma, Liliana Venâncio, Ruth João (pivôs), Wuta Dombaxi, Aznaide Carlos “Zica”, Juliana Machado, Magda Cazanga (laterais), Natália Bernardo, Isabel Guialo “Belinha” e Helena Paulo (centrais).