Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Prolas mentm insgnia olmpia

Silva Cacuti - 30 de Setembro, 2019

Campes africanas vo s terras do Sol na maior festa desportiva

Fotografia: Edies Novembro

Ao se apurar ontem para a 32ª edição dos Jogos Olímpicos, após bater o Senegal em própria casa por 22-14, a selecção nacional sénior feminina de andebol, também designada por Pérolas, tornou-se na equipa mais regular em participações na prova, desde que se estreou em 1996.
Desde que chegaram aos Jogos Olímpicos em Atlanta\'1996, as Pérolas construíram os alicerces duradouros e nunca falharam uma edição. Apenas a Coreia do Sul pode igualar o feito das angolanas.
Das equipas que jogaram a primeira edição com a presença angolana, em 1996, apenas a coreana mantém a regularidade semelhante. Angola e a Coreia estão, neste capítulo, à frente da França, Noruega e Brasil, com cinco presenças consecutivas.
Desde 2015, as qualificações aos Jogos Olímpicos passaram a disputar-se em torneios específicos. Angola acolheu a primeira edição e, com naturalidade, apurou-se para a prova realizada no Rio de Janeiro, Brasil, em 2016.
Este ano, o Senegal acolheu de 26 a 29 do corrente, a segunda prova qualificativa da zona africana e perdeu para o conjunto angolano o sonho de se inscrever pela primeira vez.
É uma estrada longa percorrida pelo conjunto angolano. De Atlanta a Tóquio, várias gerações de andebolistas têm sabido, não só transmitir, mas manter o legado da participação olímpica que, juntada às conquistas dos campeonatos africanos de nações e de clubes, faz de Angola uma Nação do andebol mundial.No contexto do desporto angolano, o andebol feminino assume, assim, o papel de liderança por ser a primeira modalidade a qualificar-se para os Jogos Olímpicos e abre a chamada para que mais modalidades, mais atletas prossigam a luta pela qualificação a fim de engrossar a Missão olímpica angolana a Tóquio.
Angola estreou-se em Jogos Olímpicos na edição de 1980, em Moscovo (Rússia), com o boxe, natação e atletismo. Em 1988, em Seul (Coreia do Sul), Angola esteve com o boxe, atletismo judo e natação. Na edição de 1992, em Barcelona (Espanha), estiveram o atletismo, basquetebol, vela, boxe, judo e natação. Em 1996, em Atlanta (EUA), jogaram para o atletismo, basquetebol, andebol, natação e tiro. Em Sidney\'2000 (Austrália), participaram o atletismo, basquetebol, andebol e natação. Na edição de 2004, Atenas (Grécia), jogaram o atletismo, basquetebol, andebol, judo e natação.
 Em Beijing (China), na edição de 2008, jogaram o atletismo, natação, basquetebol, canoagem, andebol e voleibol de praia. Em Londres\'2012, Angola esteve representada pelo basquetebol, canoagem, andebol, judo, natação e atletismo. Para o Rio de Janeiro, em 2016, estão apurados o andebol, canoagem, remo, vela, natação e judo.