Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Proprietrio detido na Sua

20 de Julho, 2015

Giovanni Cuzari acusado de fraude fiscal

Fotografia: AFP

A MotoGP entrou em férias, mas a polícia da Suíça assumiu o posto das corridas no noticiário. Giovanni Cuzari, dono da Forward, foi detido pela polícia por suspeita de fraude fiscal e lavagem de dinheiro, de acordo com a imprensa de Ticino, na Suíça. A prisão de Cuzari faz parte da investigação sobre a actuação da Forward e da empresa Media Action, uma agência publicitária que também é de propriedade do italiano de 48 anos. A polícia investiga se Cuzari teve vantagens tributárias nas suas sociedades e se tentou chantagear Libero Galli, o secretário-chefe de inspecção fiscal, que também foi detido.

Além disso, as autoridades também investigam delitos de patrocínios fictícios e fraude de IVA (Imposto sobre Valor Agregado). O advogado de Cuzari afirmou que uma das acusações foi retirada e a outra deve ser esclarecida no prazo de 48 horas, de acordo com o jornal local ‘Ticino News’. Até agora, a equipa é representada na MotoGP por Stefan Bradl e Loris Baz e na Moto2 por Simone Corsi e Lorenzo Baldassarri, que não se manifestaram sobre a detenção de Cuzari. O Campeonato Mundial retoma a época 2015 no dia 9 de Agosto, com o GP de Indianápolis