Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Provas ganham nova calendarizao

Silva Cacuti - 19 de Fevereiro, 2016

Campeonatos nacionais passaro a ser disputados no ms de Agosto altura da pausa pedaggica segundo fez saber um dos responsveis mximo da federao

Fotografia: Arimatia Batista

A época desportiva de 2016 no andebol angolano pode ser marcada pela alteração das datas de disputa dos campeonatos de juvenis e juniores que há mais de 20 anos se disputam entre finais de Janeiro e princípio de Fevereiro, do ano seguinte à época a que fazem referência.

Segundo Pina de Almeida, director técnico da Federação Angolana de Andebol (Faand), a proposta é que este ano as duas competições se disputem em Agosto, durante a pausa escolares.

"Temos verificado alguma complicação com os períodos de disputa destas provas, porque é fase de matrículas para a maior parte dos atletas, realização de exames de acesso às universidades, factores que levam, às vezes alguns pais a vetarem a participação de seus filhos nas provas, por isso vamos propor a disputa em Agosto", disse.

O novo período sugerido, argumentam alguns analistas, não vai acabar com o problema, porque muitas vezes não há uniformidade nas pausas pedagógicas, ainda assim, o impacto pode ser menor.

Desde a época de 1995 que os campeonatos jovens do andebol se vinham disputando entre Janeiro e Fevereiro.

O calendário da nova época inclui a participação da selecção feminina nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro e no campeonato africano sénior feminino que Luanda acolhe em Dezembro do corrente.

SUPERTAÇA PODE
VENDER INGRESSOS

A Federação Angolana de Andebol (Faand) está a ponderar vender ingressos para o espectáculo da Supertaça Francisco de Almeida, agendada para o dia 26 do corrente e que marca a abertura da época desportiva, disse Pina de Almeida, director técnico daquela federação.

Sem revelar valores que podem custar os bilhetes, o responsável apenas disse que caso se materialize a intenção serão preços simbólicos.

"Estamos a equacionar esta possibilidade de venda de ingressos. Caso se materialize, as pessoas podem ficar tranquilas, porque serão preços simbólicos", disse.

Nas vezes que vendeu ingressos a Faand validou o bilhete para o dia de competição, pelo que deve manter a filosofia validando o bilhete para o jogo masculino e feminino.

A Supertaça opõe na classe masculina as equipas do 1º de Agosto à do Interclube e, na classe feminina o 1º de Agosto ao Petro de Luanda.