Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Pugilistas discutem vagas para o zonal

Silva Cacuti - 24 de Março, 2017

Os dois atletas afectos ao Interclube têm protagonizado renhidos combates entre si

Fotografia: Jornal dos Desportos

O combate de pesos pesados entre os pugilistas Carlos Massya e Tumba Silva é o que mais expectativas gera em torno do torneio que apura os integrantes da selecção nacional de boxe que vão disputar o torneio da zona V, aprazado para 25 de Abril a 1 de Maio, na cidade do Lubango, província da Huíla.

Os dois atletas afectos ao Interclube têm protagonizado renhidos combates entre si daí que a disputa da vaga para a selecção espera-se muito animada. Outros atletas, com habituais presenças nas selecções nacionais também vão ter o seu actual momento de forma posto em prova para poderem merecer a confiança do seleccionador nacional Enrique Carrion que somente após minuciosa observação do torneio deverá divulgar a convocatória.

O torneio qualificativo começa hoje, às 15H00, no recinto da Marinha de Guerra e disputa-se até à próxima segunda-feira.  Estão confirmadas as presenças de atletas do Electro do Lobito, atletas do Cuanza Sul e Cuanza Norte, além dos competidores do Interclube.

Carlos Luís, presidente da Federação Angolana de Boxe, garantiu a presença em Luanda de Naftali Goma, medalha de ouro dos 64kg da zina em sub 20. \"É um atleta que está a merecer acompanhamento de nossa parte, por isso estamos a fazer tudo para que ele venha ao torneio\", disse.

Segundo Carlos Luís, Angola pretende estar presente no zonal com atletas em todas as categorias, por isso o seleccionador vai observar pelo menos dois pugilistas para cada categoria, a fim de prevenir eventuais lesões.

Antes do zonal, revelou, a selecção nacional poderá disputar um torneio preparatório no país em que poderão ser convidadas as selecções congéneres da Zâmbia e Namíbia.

Recentemente o presidente da Federação trabalhou na cidade do Lubango, onde, com as autoridades locais, avaliou as condições para a realização da prova regional.