Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Qatar cogita candidatura aos Jogos de 2028

10 de Fevereiro, 2016

Doha não se candidatou e a disputa vai ser entre Paris, Budapeste, Los Angeles e Roma.

Fotografia: AFP

Apesar de toda a polémica gerada pela atribuição ao Qatar da organização da Copa do Mundo de 2022, o país árabe não pretende parar por aí: a intenção é sediar os Jogos Olímpicos de Verão de 2028. "A nossa visão e o nosso objectivo é sediar as Olimpíadas um dia", afirmou segunda-feira Thani al-Kuwari, dirigente do Comité Olímpico qatariano, numa reunião com a imprensa desportiva.

O Qatar já foi candidato para o evento na capital Doha, em 2016 e 2020, mas perdeu a disputa para o Rio de Janeiro e para o Tóquio, respectivamente. "É óbvio que pensamos em candidatar-nos de novo. Esperamos ter as Olimpíadas um dia. Quem sabe em 2028", insistiu.

O dirigente apresentou como principal argumento o facto de o país contar num futuro com a maioria das instalações necessárias, com a Copa do Mundo de futebol, em 2022, além dos Mundiais de Atletismo, em 2019, e de natação, em 2023.

O país já recebeu recentemente os Mundiais, de andebol, de natação em piscina curta e de atletismo paralímpico. O facto do Qatar receber a Copa de 2022 causou controvérsia por vários motivos, suspeitas de corrupção pairam sobre a escolha do país, com acusações de compra de votos investigadas pela Justiça suíça.

Além disso, o país está a ser alvo de críticas de organizações de defesa dos direitos humanos, devido às condições de trabalho de imigrantes nos canteiros de obras. Outro problema é ligado às altas temperaturas, que podem chegar a 50°C em Agosto, período em que as Olimpíadas costumam ser organizadas.

Por causa disso, a Fifa decidiu que a Copa do Mundo deve acontecer em Novembro e Dezembro de 2022, e não em Junho e Julho, como habitualmente. A cidade - sede das Olimpíadas de 2024 vai ser  anunciada em 13 de Setembro de 2017, em Lima. Doha não se candidatou e a disputa vai ser entre Paris, Budapeste, Los Angeles e Roma.