Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Questões pendentes adiam a prova

Hélder Jeremias - 30 de Outubro, 2014

Pilotos de Luanda esperam fidelidade da promotora para a realização da prova na data indicada depois de verem canceladas duas provas importantes do calendário de competições

Fotografia: M.Machangongo

Questões pendentes que se prendem com a empresa promotora, levaram ao adiamento da terceira edição do Grande Prémio “Porto Amboim” em motocross, para o dia 8 de Novembro. O evento desportivo estava previsto para sábado no circuito daquela municipalidade da província do Cuanza Sul.

O secretário geral da Associação Provincial de Motocross de Luanda, Eduardo André, disse ao Jornal dos Desportos, que os pilotos e membros das equipas participantes já foram informados sobre o móbil do adiamento, durante um encontro mantido na última segunda-feira.

O responsável associativo disse que os presentes mostraram-se apreensivos pelo facto do certame sofrer dois adiamentos consecutivos. O campeonato provincial de Luanda observa uma pausa forçada, depois da não realização do Grande Prémio Zé Du, em Agosto último, no âmbito do aniversário do Presidente da República, José Eduardo dos Santos e do Grande Prémio “Herói Nacional”, em Setembro, para saudar o 92º aniversário do primeiro Presidente de Angola, António Agostinho Neto.

Para elevar a motivação dos atletas e dos membros das equipas, responsáveis da Associação informaram que os promotores deram garantias da criação de condições necessárias, para que o certame não volte a sofrer adiamento. Eduardo André reiterou a confiança na palavra dos parceiros de Porto Amboim. Aquela circunscrição acolheu em duas ocasiões o Grande Prémio e as condições colocadas à disposição responderam aos requisitos exigidos.

“A justificação do adiamento faz todo o sentido, pois a ideia é proporcionar um ambiente festivo ao público de Potro Amboim, no âmbito do aniversário da cidade, tal como sucedeu nos anos anteriores”, disse.

CIRCUITO JORGE VARELA
Trabalhos de recuperação dão outro visual


Os técnicos da Associação Provincial de Motocross de Luanda e efectivos da Empresa de Limpeza e Saneamento de Luanda (Elisal) efectuam desde o início da semana, trabalhos de remoção de resíduos e de melhorias na estrutura física do circuito Jorge Varela.
Os trabalhos conferem uma imagem mais atractiva da pista, nos três primeiros dias.

Desde Agosto último, o circuito está impedido de acolher provas do Campeonato Nacional, em função do estado de degradação provocado pelas chuvas e depósitos de detritos, pela população residente nos arredores.

O director técnico da Associação provincial, Pedro Silva “Xerife”, dirige os trabalhos ao lado de um especialista da Elisal. Ambos estão satisfeitos com a dinâmica imprimida pelos funcionários das duas instituições e partilham a crença do êxito da empreitada.

A direcção da Associação  de Luanda preconiza a realização de duas provas, no referido local: a primeira, no âmbito do dia da independência nacional a 11 de Novembro e a segunda, a 10 de Dezembro, no quadro das celebrações do dia do MPLA. Essa prova vai contar com as velhas-guardas e nova geração de pilotos.
HJ