Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Quinteiro dispensado da selecção

Silva Cacuti - 08 de Agosto, 2014

Quintero Teresa deixou de ser opção da Federação de Andebol para orientar a Selecção Nacional de cadetes após Angola cair cinco lugares

Fotografia: Kindala Manuel

O presidente da Federação, Pedro Godinho, justificou a rescisão contratual com o cumprimento de uma estratégia de reestruturação das equipas técnicas nacionais nos escalões de formação e também a proximidade da disputa do campeonato nacional de seniores, atendendo a que o treinador é também técnico principal da equipa sénior feminina da Marinha de Guerra Nacional.

Embora, no momento de estabelecer os objectivos para o mundial e jogos olímpicos, a federação não tenha sido muito exigente com o treinador, crê-se que a queda de cinco lugares, em relação à última participação esteja também na base do desamor.

  "Neste escalão o que nos interessa é dar rodagem competitiva às nossas atletas e prevê-se que estes jogos tenham um elevado grau de dificuldade", disse, na altura, Ilídio Cândido, vice-presidente da Faand.

Pedro Godinho disse que Luís Chaves vai ficar à frente da equipa apenas durante os Jogos Olímpicos da Juventude e não vai contar com nenhum adjunto. Ontem, a notícia da mudança no comando técnico da equipa foi passada às atletas num encontro com a direcção da federação.

A Selecção Nacional esteve inserida no grupo B da fase preliminar do Mundial e perdeu sucessivamente com Portugal (28-33), com Montenegro (17-22), com a França (23-31) e com a Croácia (21-23). Na terceira jornada a Selecção Nacional logrou a única vitória da fase preliminar, diante da China, por 31-20. Na "president cup", fase subsequente da prova, o conjunto nacional perdeu para a Macedónia (22-24) e para o Paraguai (28-29), a quem a Tunísia, vice-campeã africana, tinha ganho por 26-22.

Angola, que na edição anterior tinha sido a 15ª, em 20 equipas, acabou em 20º lugar nesta prova que contou com 24 participantes. A Roménia sagrou-se campeã. 

TÉCNICO
LAMENTA

O treinador da equipa sénior feminina de andebol da Marinha de Guerra, Quinteiro Teresa, afastado do comando da Selecção Nacional de cadetes, disse estar surpreendido com a medida da Federação Angolana de Andebol (Faand), mas respeita-a. "Sinto que tínhamos mais para dar, paciência, é a vida de treinador, vamos continuar a trabalhar em prol do andebol", disse.

Quinteiro Teresa mostrou-se receptivo a qualquer outro projecto que eventualmente lhe surja, vindo da federação.

Em Outubro de 2013, depois de se sagrar campeão continental com a selecção de cadetes, Quinteiro Teresa viu os seu trabalho reconhecido com a oferta de uma viatura, por parte da federação. Na ocasião foram também brindados o seu adjunto Luís Chaves e os homólogos da equipa júnior feminina, Alex Fernandes e Olga Mendes.