Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Radwanska vence em Pequim

10 de Outubro, 2016

Agnieszka Radwanska conquistou em Pequim o vigésimo título da sua carreira

Fotografia: AFP

A polaca Agnieszka Radwanska, terceira jogadora mundial, conquistou ontem o torneio de ténis de Pequim, ao bater na final a britânica Johanna Konta, 14.ª.

Radwanska, que conquistou o 20.º título WTA da sua carreira, superou Konta em dois "sets", pelos parciais de 6-4 e 6-2.
Em 2016, a polaca passou a somar três troféus, uma vez que já havia triunfado em New Haven, nos Estados Unidos, e em Shenzhen, na China.

DUPLAS
Se nesta fase não vai bem nos torneios de simples, Rafael Nadal não pode dizer o mesmo em relação ao seu desempenho nas competições em que disputa a chave de duplas.

Na madrugada de ontem, o tenista espanhol e o seu compatriota Pablo Carreño-Busta conquistaram o título do ATP 500 de Pequim, na China, ao derrotarem a parceria formada pelo norte-americano Jack Sock e pelo australiano Bernard Tomic.

Os espanhóis venceram, fizeram uma reviravolta e venceram por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (6-8), 6/2 e 10-8 no super "tie-break". Esta foi o primeiro triunfo de Nadal ao lado de Busta. Normalmente, o canhoto de Manacor faz dupla com Marc López, com quem foi campeão dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em Agosto.

Rafael Nadal contabiliza, agora, 11 troféus oriundos de torneios de duplas, o segundo na actual temporada. Quarto classificado no ranking mundial de simples, o espanhol ocupa apenas a 361ª posição na classificação entre duplistas. Na chave individual em Pequim, Nadal foi eliminado nos quartos de final pelo búlgaro Grigor Dimitrov.

TÓQUIO
O australiano Nick Kyrgios, 15.º do ranking mundial e sexto cabeça de série, conquistou ontem, domingo, o torneio de ténis ATP 500 de Tóquio, ao vencer na final o belga David Goffin, 14.º. Kyrgios superou o quinto pré-designado em três "sets", pelos parciais de 4-6, 6-3 e 7-5, conquistando o terceiro título ATP da sua carreira.

O tenista australiano já tinha triunfado em Atlanta, nos Estados Unidos, e em Marselha, França, já em 2016.