Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Rafael Nadal conquista torneio

11 de Setembro, 2013

Nadal teve mais de três horas para derrotar o seu adversário que mostrou alguma resistência

acO espanhol Rafael Nadal, número dois Mundial, conquistou na madrugada de ontem, pela segunda vez na sua carreira, o US Open ao bater em quatro sets o sérvio Novak Djokovic, líder da hierarquia masculina, com parciais de 6-2, 3-6, 6-4 e 6-1.

Apesar dos parciais «curtos», a final de Flushing Meadows teve mais de três horas de duração (201 minutos), com muitos pontos discutidos até ao último fôlego. De destacar um momento no segundo set em que Nadal e Djokovic mostraram o melhor do seu ténis, com 54 trocas de bolas seguidas, até o sérvio levar a melhor e conquistar o ponto que lhe deu um dos três breaks no encontro.

No 37.º jogo entre os dois tenistas o espanhol conquistou a 22.ª vitória, a terceira de 2013 diante do sérvio que apenas tinha vencido um embate ao maiorquino no presente ano. Com este registo de 22 triunfos o sérvio passa a ser a «vítima» preferida de Nadal, que entretanto destronou Roger Federer, que perdeu 21 confrontos.

Nadal detém um impressionante registo de 60 vitórias e 3 derrotas este ano, mostrando estar totalmente recuperado da lesão que o obrigou a parar durante vários meses. O espanhol passa assim a somar 60 torneios conquistados na carreira, igualando Andre Agassi, que está  no oitavo posto da tabela.

Rafael Nadal disse sentir especial «emoção» após ter vencido o sérvio Novak Djokovic na final do US Open, quarto e último Grand Slam da temporada.
«A vitória que consegui é muito especial e emocionante», declarou o tenista espanhol no acto de entrega do troféu. «Toda a minha equipa sabe o que significa ter ganho esta partida.»

Nadal melhorou a sua marca para 22-15 nos 37 duelos que manteve com Novak Djokovic reconhecendo que bater o tenista sérvio foi muito difícil.
«Novak é um grande jogador e obrigou-me a recorrer ao meu melhor ténis para o poder vencer. Sempre que estou frente a ele gera-se algo especial e força-me ao máximo», frisou o tenista espanhol.

Num encontro que durou 3 horas e 21 minutos, Nadal venceu com os parciais de 6-2, 3-6, 6-4 e 6-1, assegurou assim a conquista do seu 13.º Grand Slam na carreira.

Este foi o segundo US Open que Nadal conquistou na sua carreira, depois da vitória em 2010 ano em que completou o Grand Slam, ao vencer os quatro principais torneios. Novak Djokovic por seu turno reconheceu ter perdido diante do melhor tenista.