Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Recinto apropriado condiciona triagem na pr-seleco

Rosa Napoleo - 19 de Abril, 2013

A falta de um recinto apropriado para treinos est a condicionar a realizao da triagem dos atletas pr-seleccionados

Fotografia: Jornal dos Desportos

A primeira selectiva de atletas estava agendada para o fim de Março e, com a aproximação da competição, a direcção técnica remarcou-a para princípio do mês de Maio.
“Estamos atrasados e não vamos passar da nova data estabelecida”, garantiu Salomão Lumbo.  
Em Luanda, os pré-seleccionados mantêm exercícios de resistência no seu programa de treinos. Os exercícios de manutenção física e de resistência decorrem na Rua Gamal Abdel Nasser (subida do Eixo-viário) e as técnicas, no ginásio do Fitness Club sob a orientação dos treinadores Elizeu Sawande e Makila Carlos.
Roger Márcio M. Amorim (Dragão Negro de Luanda), Dário Facada, Sandra António e Carlos Vagny (Fitness Clube) são os atletas que labutam em Luanda. Os outros convocados estão distribuídos nas províncias do Huambo, Benguela, Huíla, Cunene e Kuando-Kubango, devendo juntar-se após a divulgação da lista definitiva.

EMPENHO
DE BENGUELA

Os atletas pré-convocados em Benguela para o campeonato do Mundo de taekwon-dó lutam para garantir um lugar na selecção nacional. Os atletas estão determinados e empenham-se a cem por cento, apesar das chuvas que se abatem nas terras de Ombaka.
O técnico Hilário Caterça disse ao Jornal dos Desportos que se notou algumas ausências nos treinos da semana passada, mas que não prejudicaram o programa de preparação.
“Estamos na fase do aperfeiçoamento das técnicas de perna, defesa e alongamentos. O trabalho corre bem, apesar do impasse das chuvas”, disse.
Entre os mais conhecidos de Benguela perfilam António Cassinda, Sabalo José, Sozinho Eduardo, Manuel Tchitali, Mariano Domingos, Faustino César, Félix José, Zeferina Câmea e Damásia Maria. Desse grupo vão ser eleitos os atletas que “convencerem o treinador”.
                             

PREPARAÇÃO
Entrada e resistência
dominam no Huambo


Os movimentos de entrada e de resistência dominam a preparação da pré-selecção nacional na província do Huambo que trabalha nas instalações do Clube do Petro do Huambo. São 23 os atletas que buscam um lugar na selecção nacional e todos os dias com sessões bi-diárias procuram convencer o técnico Aníbal Fortuna.
“Os trabalhos decorrem bem e há dedicação dos atletas”, disse o treinador.
Na última semana, os atletas foram submetidos a exames médicos e os testes garantem boa estabilidade na saúde dos pré-seleccionados. Por esse facto, “há condições de continuar com os trabalhos”.
Dos 23 eleitos para a preparação local, oito são senhoras, das quais se destacam Delfina Namalinha, Vanilde Daniel, Josefina Laurinda e Natália Carvalho.   
                                    

NA HUÍLA
Aspectos tácticos
atarefam atletas


Os aspectos técnicos e tácticos atarefam a preparação dos atletas pré-seleccionados na província da Huíla para o campeonato do Mundo a decorrer no México. O grupo de 10 atletas trabalha motivado sob a orientação do técnico Simão Simbelelo.
O treinador local afirmou que no âmbito da preparação em curso, o grupo vai aprofundar os posicionamentos, avanços e recuos, bem como corrigir os golpes.
Na lista dos convocados perfilam Simão Simbelelo (-80kg), José Maria João (-74kg), Domingos Amoyela (-62kg), Manuel Uyango (-58kg), António Tchipalanga (-68kg), Anderson Contreiras (-54 kg), Angelina Sol (-60kg), Suzanete Salomão (-53kg) e Rosalina Cláudia (-49 kg).