Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Recomendado mais empenho no marketing

29 de Janeiro, 2016

Fórum desportivo decorreu sem a presença esperada de representantes de clubes

Fotografia: Jornal dos Desportos

Os clubes desportivos devem profissionalizar os seus departamentos de marketing a fim de tirarem maior proveito desta ferramenta voltada para a prática e divulgação de modalidades pela promoção de eventos, recomendou Célio Mendes, especialista em marketing desportivo. O técnico falava ontem durante o primeiro fórum de marketing desportivo organizado sob parceria entre Ministério da Juventude e Desportos e a empresa Bumbar Pesquisa.

Dirigindo-se a uma sala que reclamava a presença dos representantes de clubes e empresas convidados, Célio Mendes apontou os direitos de transmissão televisiva; o patrocínio, Merchandising e parcerias e ainda as receitas de jogo como as fontes de receitas de um clube, para as quais o marketing tem de estar virado.

"Fala-se muito do marketing, mas o marketing é um componente de um todo. Há necessidade de nos organizarmos, estou a falar da profissionalização dos clubes em termos de marketing. Já foi bom termos aqui alguns clubes com directores da área, têm departamentos de marketing criados, é preciso dotá-los com recursos necessários. Não estamos a falar necessariamente  de dinheiro, mas ter produto para poderem vender", disse.

António Gomes, director nacional dos Desportos que esteve no fórum a representar o ministro Gonçalves Muandumba, disse à nossa reportagem que o marketing é uma ferramenta a que os clubes devem lançar a mão não só num contexto de retracção financeira como o actual e aproveitou felicitar a Bumbar Pesquisa pela iniciativa da realização do fórum.

"Iniciativas destas são importantes, fundamentalmente porque ocorre num momento em que temos condicionalismos financeiros. Ajuda porque é preciso encontrar outras fontes de rendimento, apoios complementares ao esforço que o Estado faz e estas iniciativas dão sustentabilidade ao desporto", comentou.

Nzongo Bernardo dos Santos, da organização, mostrou-se insatisfeito pela ausência de muitos representantes de clubes e empresas que garantiram presença no evento, mas que à última hora falharam. Anunciou, para breve, a realização de palestras, workshops de temática variada que estão na agenda da empresa.