Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Red Bull apresenta carro

30 de Janeiro, 2014

Sebastien Vettel espera conquistar mais título mundial de pilotos com o novo carro na prova que arranca na Austrália

Fotografia: AFP

A Red Bull apresentou o RB10, monolugar com o qual a escuderia anglo-austríaca vai tentar conquistar o quinto título de construtores no Mundial de Fórmula 1 e proporcionar o “penta” ao piloto Sebastian Vettel.“Foi realizado um esforço hercúleo para apresentar este carro hoje”, afirmou Christian Horner, responsável máximo da escudaria, antes de o monolugar voltar a ser rapidamente coberto e removido para a oficina, onde os mecânicos prosseguiram o trabalho.

O “nariz” do RB10, apresentado no circuito espanhol de Jerez de la Frontera, assemelha-se à quilha de um barco, comparação que ganha mais sentido pela a admiração que o seu projectista, Adrian Newey, tem pelos veleiros que participam na Taça América.Como todos os monolugares que disputam o Mundial de 2014, o novo Red Bull está equipado com um motor V6 turbo híbrido de 1,6 litros. Christian Horner disse que a adaptação do motor aos chassis foi “um desafio enorme para a equipa de engenheiros”, mas salientou que a Mercedes, que se perfila como a principal adversária da sua escuderia na corrida pelos títulos mundiais, está numa fase mais adiantada de preparação.  O RB10, referiu, passou nos testes de colisão há apenas dez dias.O Mundial de 2014 começa em 16 de Março, com o Grane Prémio da Austrália.

HAMILTON
Lewis Hamilton foi vítima de um pequeno acidente no circuito de Jerez de La Frontera, onde decorrem os primeiros testes de Fórmula 1 da época. O piloto da Mercedes bateu na barreira de protecção, mas continuou em pista, pois danificou apenas a parte da frente do monolugar. O pequeno contratempo deveu-se a uma falha na asa dianteira do carro. O monolugar fora apresentado de manhã.

Breve
Schumacher continua em coma


Um mês depois de ter sofrido um acidente quando esquiava, o alemão Michael Schumacher continua em coma no hospital de Grenoble, ainda com diagnóstico reservado. O antigo piloto de Fórmula 1, sete vezes campeão do Mundo, foi operado duas vezes à cabeça, depois de ter embatido com violência numa pedra. O capacete salvou-lhe a vida naquele momento, mas ficou partido ao meio. Há cerca de uma semana, notícias vindas da Alemanha davam conta que “Schumi” podia sair do coma induzido nos próximos dias e um neurologista do Hospital de Londres explicava quais as sequelas que podem advir desta situação.