Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Red Bull confunde rivais

05 de Fevereiro, 2015

A Red Bull vai usar o seu tradicional desenho com as cores azul e roxo

Fotografia: AFP

A Red Bull tem chamado mais a atenção nos primeiros dias dos testes colectivos da pré-época da Fórmula Um pelo atractivo desenho da pintura do carro do que pela sua velocidade na pista. O chefe da equipa, Christian Horner, brincou ao dizer que a pintura branca e preta foi escolhida para evitar que os rivais "consigam imagens detalhadas do carro e esse uniforme confunde a vista".

Os pilotos Daniil Kvyat e Daniel Ricciardo já tiveram problemas com o carro. O russo danificou a parte dianteira na última segunda-feira, enquanto o australiano regressou mais cedo aos boxes no terceiro dia por causa de problemas no motor. No entanto, isso não impediu que se fale sobre o design incomum da pintura do RB11, que se parece com uma zebra. A Red Bull vai usar o seu tradicional desenho com as cores azul e roxo, quando começar o campeonato a 15 de Março, com o Grande Prémio da Austrália.

Os testes de pré-época são uma oportunidade para observar os adversários e conseguir informações que podem ser valiosas."Acredite em mim, a nossa identidade não vai decepcionar, quando a apresentarmos", disse Christian Horner. A ideia de confundir foi originalmente do alemão Sebastian Vettel, actualmente na Ferrari, que no ano passado usou um capacete com camuflagem.

"Foi divertido e pensamos que seria interessante usar essa mesma ideia em todo o carro. É muito chamativo e impossível de conseguir detalhes e fotografias do carro nesta época do ano, quando todos tentam ser o mais reservados possível ", disse Horner. A Red Bull conquistou quatro títulos de construtores em sequência com Sebastian Vettel até a Mercedes interromper esse domínio no ano passado.

"Não somos a referência este ano. É a Mercedes. Entram na época como favoritos", disse Horner. Após vencer três provas no ano passado, a Red Bull espera que a aproximação com a Renault renda frutos. A fornecedora de motores só vai trabalhar com a equipa e a Toro Rosso neste ano, depois de finalizar as suas relações com a Lotus, Caterham e Williams.

RIVALIDADE ENTRE
NICO E HAMILTON

Além de piloto, Nico Rosberg parece estar a especializar-se noutra área, a de amolador. O alemão da Mercedes diz estar a “afiar facas” desde o Grande Prémio de Abu Dhabi, prova que encerrou a última época e que coroou o colega Lewis Hamilton como campeão do Mundo. Nico Rosberg fala de um afiar metafórico, mas a expressividade das palavras mostra bem a vontade que o vice-campeão tem de subir o patamar que lhe falta na época que está quase a chegar. Numa entrevista ao site oficial da Fórmula Um, Nico Rosberg deixou o aviso, o novo Mercedes está ainda mais veloz e ele próprio está melhor do que nunca.

Questionado sobre quem está na mira de Nico Rosberg, o alemão respondeu: "Para já é Lewis Hamilton e quem quiser tentar a sua sorte com a faca”.O piloto germânico não escondeu que o relacionamento com o colega de equipa é tenso."Temos uma relação de altos e baixos e vai continuar a ser de altos e baixos. É uma batalha muito intensa entre nós e isso não vai mudar num futuro próximo", disse. Na última época, Lewis Hamilton superiorizou-se ao vencer 11 corridas, contra as cinco de Nico Rosberg, que ainda assim chegou à última corrida com hipóteses de ser campeão.

“A experiência do último ano ajuda. Todos os momentos complicados fizeram-me aprender e ficar mais forte”, sublinha.Sobre o novo Mercedes, Nico Rosberg frisou que a equipa trabalhou no que correu menos bem no último ano. “Em 2014, o nosso ponto fraco foi a fiabilidade e focámo-nos nisso”, revelou, deixando claro que a Mercedes “está confiante” num bom início de época, em Março, na Austrália.