Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Relatrio prev calor excessivo em Tquio

24 de Janeiro, 2017

Entre as medidas propostas pelos organizadores dos Jogos para diminuir o calor, inclui-se instalar pulverizadores de gua nas sedes desportivas.

Fotografia: AFP

Um estudo oficial alertou, que três das sedes dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio 2020, vão registar temperaturas altas demais para as actividades físicas extremas, durante os meses de Verão.

O governo japonês realizou o estudo, entre Julho e Agosto do ano passado, em três sedes de Tóquio 2020: o distrito Ariake de Tóquio, onde vai ser realizada a competição de ténis, e as cidades periféricas de Fujisawa, que vão receber a competição de vela, e Kawagoe, sede de golfe. Em vários dias, a medição atingiu 31 graus ou mais nas três sedes, e a temperatura média entre às 9 da manhã e às 4 da tarde - quando a maioria das competições podiam acontecer - foi de 28 graus, revelou a emissora pública "NHK".

O intenso calor do Verão japonês representa um desafio  aos organizadores de Tóquio 2020, já que o evento desportivo vai decorrer entre os dias 24 Julho e 6 de Setembro, quando a temperatura máxima média é de 30 graus e a humidade relativa de 71 por cento na capital do país. As previsões climáticas da Agência japonesa de Meteorologia advertem a possibilidade de acontecer um aumento anual médio de 1 grau, no período entre 2016 e 2035, devido ao aquecimento global, o que podia levar os termómetros a disparar durante o evento acima dos 40 graus.

A Associação de Desportos do Japão proíbe, em princípio, toda actividade física quando o índice que mede o stress térmico supera os 31 graus, e aconselha a não realizar exercícios físicos extremos, quando se chega aos 28 graus. O governo deve realizar um estudo em grande escala, em 2017, que ajude a decidir como proteger os atletas e espectadores.

Os Jogos anteriores organizados pela capital japonesa, em 1964, aconteceram entre 10 e 24 de Outubro,  mês em que a temperatura máxima média ficou nos 19,6 graus. Entre as medidas propostas pelos organizadores dos Jogos para diminuir o calor,  inclui-se instalar pulverizadores de água nas sedes desportivas.