Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Renault quer tornar Nico Hulkenberg ídolo

05 de Fevereiro, 2017

Contando com Nico Hulkenberg como novo reforço

Fotografia: AFP

Contando com Nico Hulkenberg como novo reforço, a direcção da equipa francesa planeia fazer com que a imagem do piloto alemão seja directamente ligada à equipa, tornando-o em ídolo. No entanto, para isso acontecer, é preciso que o carro seja competitivo e o piloto possa alcançar resultados expressivos na actual temporada.

“Nós temos a oportunidade de ter alguém que é muito experiente, mas não é associado com outra equipa. As pessoas dizem que ele [Hulkenberg] é discreto, mas para nós é uma grande oportunidade, porque um piloto não é apenas um piloto. Acredito que temos um grande piloto, mas Nico também tem capacidade, porque temos um longo projecto com ele para fazê-lo o grande embaixador da Renault e ter uma grande associação, assim como Lewis Hamilton tem com a Mercedes”, revelou o diretor da Renault Cyril Abiteboul.

“Até hoje acredito que muitos continuam a associar Sebastian Vettel com a Red Bull. Espero que daqui a alguns anos, se tivermos sucessos juntos, as pessoas irão associar o Nico à Renault, mas primeiro temos que trabalhar”, completou.

Além de revelar os planos da Renault com Nico Hulkenberg, Cyril Abiteboul também comentou sobre as especulações de que o alemão não seria a prioridade da equipa, uma vez que outros pilotos do "grid" foram contatados para uma suposta negociação.

“O facto de pilotos terem recusado as ofertas da Renault é algo totalmente deturpado. Posso garantir que ninguém recusou as nossas ofertas. Diria justamente o oposto. Muitos demonstraram que estavam livres para assinar conosco, o que não era o caso. Quero ser claro sobre isso, porque muitos dizem que o projecto da Renault não é tão atractivo, que não há ambição ou que os recursos financeiros não existem. Isso não é verdade.

Francamente, tivemos muito interesse em Nico, que estava entre as nossas primeiras opções, então estamos muito felizes que ele tenha se juntado a nós”, finalizou o director da Renault.