Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Ricardo Jorge regressa às vitórias

13 de Novembro, 2014

Outro motivo de grande emoção foi a presença de Carlos Soweto, um dos pilotos mais titulados no passado recente.

Fotografia: Jornal dos Desportos

O piloto individual, Ricardo Jorge, regressou às vitórias três anos depois com a conquista do Grande Prémio Porto Amboim, no último sábado, na província do Cuanza Sul. Ricardo venceu a concorrência de Flávio Joaquim e de Custódio Neto na prova rainha que homenageou o empresário e finado Baião Carapichoso.

A última vez que Ricardo Jorge subiu ao pódio mais alto ocorreu a 21 de Agosto de 2011, quando venceu o Grande Prémio Coca Cola no circuito de Nossa Senhora do Monte, na cidade de Lubango, província da Huíla.

Apesar de parado durante uma época, em consequência de um acidente que resultou na fractura da perna esquerda, Ricardo Jorge provou ser um jovem talhado para as grandes competições. A técnica apurada foi a razão para fazer dos opositores directos “prezas fáceis”, embora pouco familiarizado à pista de Porto Amboim.

O campeão provincial, Zé Cazenga, também teve de render-se  à supremacia de Ricardo Jorge, muito por conta das avarias da sua motorizada. O campeão abandonou a escassos minutos do final da prova. Outro motivo de grande emoção foi a presença de Carlos Soweto, um dos pilotos mais titulados no passado recente.

O campeão prestigiou o evento com uma performance de alto estilo. Em alguns momentos, chegou a liderar as duas mangas, mas a condição física dos adversários foi decisiva nos minutos finais. Na categoria dos 150cc, Augusto Congo, Etelvino Sebastião e Alfredo Xilola foram os mais rápidos. A categoria dos 450cc (moto 4) não se fez representar por falta de motorizadas suficientes.

Marcada pela presença de centenas de pessoas, os pilotos protagonizaram uma luta renhida na pista e marcada com muita classe na superação de obstáculos. O público experimentou momentos de grande emoção na prova que homenageou o ex-amigo de motocross, o falecido Baião Carapechoso. HELDER JEREMIAS