Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Rio´2016 bate recorde de Países participantes

António Ferreira- Lisboa - 19 de Maio, 2016

Cerimónia de abertura está marcada para 5 de Agosto no Estádio do Engenhão nova designação do mítico Maracanã

Fotografia: AFP

Os Jogos Olímpicos de 2016, oficialmente designados Jogos da XXXI Olimpíada, Rio 2016, de 5 a 21 de Agosto, devem estabelecer um novo recorde de países participantes, num total de 206 contra os 204 de Pequim 2008 e Londres 2012, respectivamente. O Sudão do Sul admitido em Agosto de 2015 e o Kosovo, membro do COI desde 2014, fazem a  estreia na competição, cuja estimativa de participantes ronda os 12.500 atletas.

Os números podem aumentar caso o Koweit, suspenso desde Outubro do pretérito ano, obtenha autorização do COI para participar nos Jogos do Rio de Janeiro. O país, note-se, está suspenso do movimento olímpico internacional, devido a interferência do governo na gestão do comité nacional e pode não ter atletas em prova sob sua bandeira.

O Sudão do Sul, não é propriamente dito um estreante por excelência, já que o país marcou presença nos Jogos de Londres, porém, sob a bandeira olímpica, por inexistência de um comité olímpico nacional, cuja figura de proa é o atleta Guor Marial, 47.º classificado da prova de Maratona, em 2012.

O Kosovo, ex-província jugoslava, tornou-se independente em 2008,  foi admitida como membro de pleno direito do Comité Olímpico Internacional em 2014. O país não regista presença em Olimpíadas, mas sonha com o ouro olímpico no Rio de Janeiro, já que a sua principal referência, a Majlinda Kelmendi, bi-campeã mundial (até 52 kg), competiu em Londres pela Albânia.

Os Jogos da 31ª olimpíada – designa-se olimpíada ao período de quatro anos que separa uma de outra -, realizam-se  pela segunda vez na América do Sul, depois da Cidade do México o ter feito em 1968. À guisa de exemplo, é a terceira vez que os Jogos Olímpicos de Verão acontecem no hemisfério Sul, depois de Melbourne e Sidney, em 1956 e 2000, respectivamente.

Com a cerimónia de abertura marcada para o dia 5 de Agosto, no Estádio do Engenhão, a nova designação do mítico Maracanã, são esperados cerca de 12.500 atletas em representação de 206 países, que vão competir em 28 modalidades, mais duas em relação a Londres. A família olímpica acena com agrado o regresso do golfe e do râgueby.

Dezoito países já receberam por mais de uma vez os Jogos Olímpicos, nomeadamente a Alemanha, Austrália, EUA, França, Grã-Bretanha e Grécia. O EUA é o país que mais vezes organizaram as Olimpíadas, com um total de quatro, enquanto Londres  tornou-se em 2012, a única cidade a ter recebido três vezes a competição. A disputa, realizada a cada quatro anos, só foi interrompida, em 1916, 1942 e 1944, devido a primeira e segunda guerras mundiais.

Em 120 anos de Jogos Olímpicos, a competição regista um total de 145,536 atletas participantes. De 1896 à data, os Jogos não ficaram alheias às revoluções políticas, sociais, culturais e tecnológicas. Nos Jogos Olímpicos da Era Antiga, as mulheres eram proibidas de participarem devido às supostas debilidades físicas e eram condenadas à morte caso assistissem.

O barão Pierre de Coubertin, o criador dos Jogos Olímpicos da Era Moderna não foi a favor da participação das mulheres. As mulheres participaram pela primeira vez nos Jogos Olímpicos de 1900, em Paris, França, em apenas uma modalidade, o críquete.

No entanto, só nos Jogos Olímpicos de 1904, em St. Louis, EUA, as medalhas de ouro, prata e bronze são entregues aos primeiros, segundos e terceiros lugares, respectivamente. Em 1908, nos Jogos de Londres, pela primeira vez um Estádio é construído especialmente, enquanto as provas de natação, na altura designadas de nado, foram disputadas no mar.

Nos Jogos de Estocolmo, em 1912, são usados os primeiros cronómetros – na época tinham a designação de contadores automáticos para os eventos de pista -, e pela primeira vez atletas dos cinco continentes participam da mesma. Entretanto, só em 1920 foi hasteada pela primeira vez a bandeira olímpica com os arcos, mormente dos Jogos de Antuérpia, ano em que é instituído o juramento dos atletas. Em 1924 são disputados os primeiros Jogos Olímpicos de Inverno e em 1928 é acesa a primeira pira olímpica.