Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Rio de Janeiro lança coleccão de moedas

01 de Dezembro, 2014

O Banco Central lançou na passada sexta-feira o primeiro lote de moedas da colecção comemorativa dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio-2016 e o ineditismo está no facto de que, pela primeira vez, algumas peças vão ser colocadas em circulação para o público. Neste primeiro lote, foram exibidas nove versões. - O programa completo prevê, ao todo 36 moedas. 

Quatro de ouro que homenageiam os Jogos. De prata são 16, que celebram a cidade do Rio de Janeiro e 16 de um real de livre circulação, que retratam os desportos olímpicos e paralímpicos. Esse é o maior programa numismático já lançado no País, destacou o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini.

No primeiro lote de moedas de circulação comum, atletismo e natação representam os Jogos Olímpicos. Já o golfe e o paratriatlo foram escolhidos porque são os desportos que entraram no programa olímpico e paralímpico em 2016. Vão ter tiragem máxima de 20 milhões, mas podem ser adquiridas em uma cartilha especial.

Já a moeda de ouro tem uma face inspirada na corrida de 100m rasos. Na outra face, o Cristo Redentor. A moeda vai ter uma tiragem de cinco mil peças. E as quatro moedas iniciais da colecção de prata vão trazer os desportos: remo, corrida, ciclismo e voleibol de praia. Na outra face, golfinho, bromélia, Arcos da Lapa e Bossa Nova. As escolhas foram baseadas nas séries temáticas: fauna, flora, arquitectura e música.