Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Roger Federer regressa ao topo do ranking do ATP

18 de Julho, 2017

A conquista, pela oitava vez do torneio de Wimbledon, valeu a Roger Federer a escalada do 5.º para o 3.º lugar do ranking do ténis mundial.

Fotografia: Glyn KIRK / AFP

A conquista, pela oitava vez do torneio de Wimbledon, valeu a Roger Federer a escalada do 5.º para o 3.º lugar do ranking do ténis mundial. O tenista suíço era 17.º em Janeiro, ultrapassou o compatriota Stan Wawrinka e o sérvio Novak Djokovic, está agora atrás de Rafael Nadal e de Andy Murray, que manteve o primeiro lugar da hierarquia, agora com uma margem mais curta para a concorrência: menos de 300 pontos para o espanhol e 1.205 para Federer.

Após o torneio de Wimbledon, são várias as outras movimentações no top 10, com destaque ainda para a queda de Wawrinka do 3.º para o 5.º posto, de Milos Raonic de 7.º para 9.º, e a saída de Jo-Wilfried Tsonga dos dez melhores.

Refira-se que Roger Federer e Rafael Nadal, os dois melhores tenistas desde o início de 2017, já têm lugar garantido nos ATP Finals, torneio realizado em Novembro e que reúne os oito melhores jogadores do ano.

João Sousa mantém-se como o melhor representante português no circuito mundial, mas caiu um lugar, e é agora 63.º classificado.

Entretanto, Roger Federer após a conquista de Wimbledon teceu as primeiras palavras e disse que foi \"mágico\" vencer o torneio, sem perder qualquer set. \"Sinto-me bem, trabalhei muito nestes últimos seis meses, é bom regressar, sinto-me bem, foi excelente ganhar o torneio agora.
Não perdi nenhum set, agora levar o troféu, é mágico.\"