Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Roger Federer vence Masters de Indian Wells

21 de Março, 2017

O suíço Roger Federer ganhou quatro posições no ranking ATP

Fotografia: AFP

Campeão do Masters 1000 de Indian Wells no  domingo, o suíço Roger Federer ganhou quatro posições no ranking ATP,  aparece em sexto lugar na classificação actualizada, ontem. Roger Federer derrotou o compatriota Stan Wawrinka na final de Indian Wells por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/5.

Este foi o quinto título do suíço, no Masters da Califórnia. O britânico Andy Murray permanece em primeiro lugar no ranking, seguido pelo sérvio Novak Djokovic,  agora com uma vantagem de mais de 3.000 pontos. Wawrinka continua em terceiro lugar, seguido pelo japonês Kei Nishikori.

“PARA MIM FOI DIFÍCIL
ENTRAR NOS PONTOS

Antes da final do Masters 1000 de Indian Wells, o suíço Roger Federer afirmou que ia acelerar o jogo para complicar a vida do compatriota Stan Wawrinka. A receita foi utilizada com sucesso, e o ex-número 1 do mundo levou a melhor em sets directos, e levantou a sua 90ª taça da carreira.

O próprio Wawrinka reconheceu que o jogo acelerado do conterrâneo deu-lhe muito trabalho na final. “Estava a jogar muito rápido, ficou na linha de base e colocava muita velocidade nas bolas dos dois lados.

Foi difícil para mim,  entrar nos pontos”, analisou o actual terceiro melhor do mundo. Wawrinka acrescentou: “Sempre veio com uma resposta para o que eu mostrava. Tive poucas oportunidades, e talvez pudesse ter feito melhor, não fiz o suficiente”.
Apesar de sofrer a segunda derrota consecutiva contra Roger Federer, o seu algoz também no Open da Austrália, diz estar contente com os resultados do compatriota.

“Apenas estou cansado, depois destes 10 dias. Quero dar os parabéns a Roger, perdi mais uma partida dura, mas torci muito na final na Austrália. Qualquer um que conhece o ténis, gosta de assisti-lo; por isso, é sempre bom vê-lo a jogar em bom nível. Espero que seja assim por muitos anos”, disse Stan no seu discurso dentro de quadra.

ANGELIQUE KERBER
LIDERA O RANKING

Eliminada ainda nos oitavos de final do WTA Premier de Indian Wells, a alemã Angelique Kerber voltou à liderança do ranking mundial, beneficiada pela desistência da norte-americana Serena Williams, ainda antes do início do torneio no deserto dos Estados Unidos.Kerber, que perdeu para a russa Elena Vesnina, que veio a ficar com o título, tem  7.515 pontos, 385 a mais que Serena, que também não vai disputar o WTA Premier de Miami nesta semana.

Ainda houve outras duas mudanças, no top 10. A eslovaca Dominka Cibulkova deixou a romena Simona Halep para trás, e agora é a quarta classificada, enquanto a polaca Agnieszka Radwanska desceu dois degraus, ocupa a oitava posição. A espanhola Garbiñe Muguruza subiu e é sexta, e a russa Svetlana Kuznetsova, vice -campeã em Indian Wells, é a sétima classificada.

TÉNIS
Federer vence
em Indian Wells


Roger Federer venceu o Masters 1000 de Indian Wells, nos Estados Unidos. O suíço, antigo número 1 mundial, bateu o compatriota Stanislas Wawrinka, terceiro cabeça de série, em dois sets: 6-4 e 7-5.Federer torna-se o tenista mais velho a vencer um Masters 1000, com 35 anos e 7 meses, depois de vencer o Open da Austrália, primeiro Grand Slam da temporada, frente a Rafa Nadal.

DJOKOVIC

Entretanto, o sérvio Novak Djokovic anunciou que não vai participar no Masters 1000 de Miami, devido a lesão num cotovelo."Peço desculpa aos meus fãs, e a todos os que compraram ingressos para me ver jogar, em Miami. Infelizmente, estou lesionado e não poderei competir", anunciou o tenista através das redes sociais.

Djokovic venceu em Miami por seis ocasiões, incluindo nas últimas três edições, vai  perder mil pontos no ranking. A desistência do número dois do mundo foi conhecida um dia depois do britânico Andy Murray, número um mundial, ter também anunciado que não vai jogar o torneio de Miami, devido a uma lesão no cotovelo direito.

Numa declaração divulgada pela organização do torneio ATP, o tenista britânico de 29 anos apresentou desculpas aos fãs, e acrescentou que vai concentrar -se na preparação da temporada de terra batida.