Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Rosberg admite relao \"difcil\" com Hamilton

01 de Dezembro, 2016

Nico Rosberg tem relação dificil com Lewis Hamilton desde a infância

Fotografia: AFP

O alemão Nico Rosberg, novo campeão mundial de Fórmula 1, admitiu ontem que a relação com o colega de equipa Lewis Hamilton é complicada, mas conhecer o britânico desde criança, ajuda-o a superar os momentos de tensão.\"A nossa relação será sempre difícil.Seremos sempre rivais. Mas o facto de nos conhecermos desde a infância ajuda a ultrapassar períodos mais complicados\", disse o piloto da Mercedes aos jornalistas alemães, em Wiesbaden, na Alemanha.

Os alemães também questionaram a atitude de Hamilton, que deliberadamente diminuiu o ritmo de corrida para que os pilotos que seguiam atrás -- Sebastian Vettel e Max Verstappen -- ultrapassassem Rosberg no Grande Prémio de Abu Dhabi, no domingo, última prova do Mundial, que consagrou o germânico.\"Lamento ter de falar sobre isso. Eu entendo que Lewis é um guerreiro, o título mundial estava em jogo.

Podemos entendê-la, por vezes, um pouco além dos limites, como disputa pelo título\", rematou o campeão de 31 anos que não quis comentar mais.Rosberg conquistou o primeiro título mundial de Fórmula 1, em Abu Dhabi, no domingo, tornou-se o 33.º campeão mundial da categoria- rainha do desporto automóvel e o terceiro alemão, depois dos títulos de Michael Schumacher (7) e Sebastian Vettel (4).

MONZA
Entretanto, o Grande Prémio de Itália em Fórmula 1 vai permanecer no circuito de Monza por mais três anos, anunciou na terça-feira o automóvel clube do país transalpino (ACI).\"Assinado! O patrão da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, e o presidente da ACI, Angelo Sticchi Damiani, assinaram na segunda-feira o acordo que mantém o Grande Prémio de Itália no calendário internacional nos próximos três anos\", disse a ACI em comunicado. Os promotores estavam confiantes em \'selar\' o contrato de 68 milhões de euros negociado em Setembro, com Bernie Ecclestone.

\"Conseguimos evitar a terrível hipótese de ver a Itália perder, depois de 70 anos, uma das mais prestigiadas, históricas e excitantes corridas mundiais de automóveis\", acrescentou Angelo Sticchi Damiani.Monza foi em 1921 palco da primeira prova de Fórmula 1, em Itália, e é a prova mais antiga entre as que compõem o calendário actual: foi uma das corridas que integraram a estreia do mundial, em 1950.A extensão do contrato estava a ser negociada há um ano, nomeadamente, quanto aos custos do evento.