Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Rosberg fala em "surpresa total"

02 de Abril, 2015

Nico Rosberg, piloto da Mercedes

Fotografia: AFP

O alemão Nico Rosberg, piloto da Mercedes, admitiu que a vitória no domingo do compatriota Sebastien Vettel, da Ferrari, no Grande Prémio da Malásia de Fórmula 1, foi “surpresa total”.Na segunda prova do Mundial de F1, Vettel, tetracampeão do mundo, bateu os dois Mercedes, o do britânico Lewis Hamilton e o de Rosberg, deu à Ferrari a primeira vitória em dois anos e interrompeu o ciclo de oito triunfos da Mercedes. “Depois da nossa dupla vitória na Austrália [pilotos e construtores], cheguei a dizer que esperava mais concorrência da Ferrari, mas de certeza que não desejava perder agora para eles”, escreveu Rosberg na sua habitual coluna semanal no jornal Bild.

Rosberg reconheceu que não esperava tanto de Vettel, pelo que a vitória do compatriota na Malásia foi “surpresa total”. “Sebastien [Vettel] guiou muito bem e merece os parabéns. Agora temos de nos sentar e discutir o que se passou. O motor da Ferrari é muito melhor do que o do ano passado”, reconheceu o germânico, terceiro classificado na Malásia, atrás de Vettel e Hamilton.Na segunda-feira, Torger “Toto” Wolff, director da Mercedes, também admitiu que não esperava que Vettel e a Ferrari estivessem tão bem na Malásia e  afirmou mesmo que o resultado do piloto alemão era “uma chamada para despertar” na escuderia de origem germânica.“Não esperava que sucedesse nesta altura, depois de termos sido tão dominadores em Melbourne. Sempre fomos cépticos em relação à nossa vantagem e sabíamos que tínhamos de continuar a desenvolver o automóvel para não sermos alcançados”, disse Toto Wolff.