Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Rosberg vence no Mónaco

27 de Maio, 2013

Rosberg venceu no dia em que o pai triunfou no mesmo traçado há 30 anos

Fotografia: AFP

O piloto alemão da Mercedes, Nico Rosberg, venceu ontem o Grande Prémio do Mónaco, marcado por vários acidentes, que forçaram a entrada do safety car em duas ocasiões, uma delas depois de uma interrupção de corrida devido a um choque frontal de Pastor Maldonado (Williams-Renault) numa barreira de pneus.

O grande beneficiado com a confusão instalada acabou por ser Sebastian Vettel (Red Bull-Renault), que terminou na segunda posição e com isso voltou a ampliar a vantagem para os perseguidos no Mundial de Pilotos, ganhando pontos aos rivais directos.

Mark Webber, companheiro de equipa de Vettel na Red Bull, completou o pódio.No pólo oposto ficou Fernando Alonso, que foi sétimo, depois de largar do sexto lugar, perdendo assim o que tinha recuperado com o triunfo em Barcelona.

Kimi Räikkönen (Lotus Renault) ainda teve pior sorte, pois o 10º lugar rende apenas um ponto, e significa perda de vantagem para o terceiro classificado, Alonso.
Vettel soma agora 107 pontos, com 21 de vantagem para Räikkönen e 29 para Alonso.

Esta foi a segunda vitória de Rosberg na Formula 1, após o GP da China em 2012.O piloto de 27 anos, que largou na pole-position pela terceira vez consecutiva, ficou muito emocionado por vencer “em casa” no Principado, onde foi criado.

A vitória de Nico Rosberg ocorre exatos trinta anos depois da vitória de seu pai, Keke, no mesmo circuito. Keke Rosberg sagrou-se campeão mundial da modalidade em 1982.