Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Rose está de regresso

18 de Outubro, 2015

Base de Chicago voltou aos treinos Derrick Rose, base dos Chicago Bulls, voltou aos treinos da equipa comandada por Fred Hoiberg, ainda que com cautelas por causa da fractura no osso orbital do olho esquerdo. "Estou ansioso por voltar. Até fico nervoso em

Fotografia: AFP

"Estou ansioso por voltar. Até fico nervoso em ver os meus colegas de equipa a jogar", referiu o base, que ainda não tem autorização médica para fazer exercícios que envolvam contacto, algo que deverá acontecer durante os próximos dias.

O base dos Bulls terá agora que usar uma máscara protectora por período indeterminado, tendo inclusivamente dito que odeia que lhe toquem na cara e que a poderá usar até final da carreira.

Não é a primeira vez que Rose causa alguma preocupação entre os adeptos dos Chicago Bulls, uma vez que o jogador, de 27 anos, já sofreu uma rotura de ligamentos no joelho esquerdo, na primeira ronda dos play-offs de 2011/2012, e, na temporada seguinte, rompeu o menisco do joelho direito.

"Estou feliz que a lesão não tenha sido nos joelhos. De um problema nos olhos recupero rápido. Desde que não sejam as pernas...", continuou.

O mais jovem MVP da NBA – conquistou a distinção em 2011 – deixou, no entanto, um aviso: "Não consigo ainda abrir o olho. Quando o faço tenho visão dupla. Mas com um olho fechado creio que posso jogar bastante bem".

Rose procura estar apto para o início da nova época regular da NBA, com data marcada para 27 de Outubro. Os Chicago Bulls recebem os vice-campeões Cleveland Cavaliers.


Recuperação

Lamar Odom
já saiu do coma


O basquetebolista norte-americano Lamar Odom, internado numa unidade hospitalar de Las Vegas, nos Estados Unidos, saiu do estado de coma na sexta-feira e já comunicou com a equipa médica que o acompanha.

Na terça-feira, o extremo, de 35 anos, foi encontrado inconsciente num bordel do Nevada, depois de uma overdose de cocaína.

Segundo os médicos, o estado de saúde de Odom, bicampeão da NBA, ao serviço dos Los Angeles Lakers, "ainda é crítico, mas estável".

Odom representou os Lakers entre 2004 e 2011, tendo deixado temporariamente a NBA em 2013, após uma época ao serviço dos Los Angeles Clippers.

Em Abril de 2014, chegou a assinar pelos New York Knicks para a recta final da temporada, mas acabou dispensado pela equipa três meses depois.

Além dos dois títulos pelos Lakers, Odom conta também no currículo a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos Atenas 2004 e o título mundial em 2010, no campeonato disputado na Turquia.