Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Rossi correu em casa com nova decorao

05 de Junho, 2017

Roma ao 'seu' capito. Nicky Hayden foi recordado atravs de uma fuso entre o nmero 46, de Rossi, e o utilizado pelo norte-americano, o 69.

Fotografia: AFP

A correr em casa, Valentino Rossi chegou ao Grande Prémio de Itália com uma nova decoração no seu capacete. Este ano, o italiano decidiu homenagear Francesco Totti, que no último fim de semana se despediu dos relvados, e Nicky Hayden, piloto norte-americano que perdeu a vida recentemente num acidente de bibicleta.

No capacete, Rossi surge caraterizado como um jogador de futebol, com a frase ‘Mo’ je faccio er cucchiaio’, uma referência a Totti e ao golo à \'panenka\' apontado no Euro 2000. Atrás, pode ainda ler-se “Un capitano… c’è solo un capitano”, numa alusão ao cântico dos adeptos da Roma ao \'seu\' capitão.
Nicky Hayden foi recordado através de uma fusão entre o número 46, de Rossi, e o utilizado pelo norte-americano, o 69.

RALI
Bruno Magalhães reforça liderança


A Juvefdfd O piloto português Bruno Magalhães (Skoda Fabia R5) terminou ontem na segunda posição o Rali da Acrópole, consolidando a liderança do Campeonato Europeu de Ralis (ERC).“É uma honra estar nesta posição rali após rali. Temos vindo a ter um desempenho notável, a impor um excelente ritmo e a bater-nos de igual para igual com pilotos experientes nestas provas e no campeonato (…).

Espero que este resultado nos abra mais uma porta para continuarmos a disputar o Campeonato”, disse o piloto, em declarações à sua assessoria de imprensa.Na sua estreia no rali grego, Bruno Magalhães enfrentou vários problemas elétricos no seu Skoda na etapa de sábado, que não lhe permitiram lutar pelo primeiro lugar, como pretendia.“Foi uma sucessão de problemas que não conseguimos resolver. Sobreaquecimento, falta de limpa vidros, etc.