Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Rossi inconformado como vice

30 de Dezembro, 2015

Além da derrota para o companheiro de Yamaha Rossi enfrentou uma polémica com o jovem Marc Márquez nas etapas finais

Fotografia: AFP

Valentino Rossi ficou bastante abalado com a perda do título mundial no MotoGP. A frustração por ter ficado atrás do espanhol Jorge Lorenzo após liderar por grande parte da temporada preocupou a sua mãe, Stefania Palma. Ela disse nunca ter visto o filho tão abatido, mas contou que a vitória no Rally de Monza apaziguou os seus ânimos.

"Após o final do mundial foi muito triste. Eu nunca o tinha visto assim. É o que aconteceu”, contou Stefania ao canal BBC. “Felizmente ainda tínhamos o Rally de Monza, em Novembro, que foi um divisor de águas. Ele voltou para casa mais calmo. ”

Além da derrota para o companheiro de Yamaha, Rossi enfrentou uma polémica com o jovem Marc Márquez nas etapas finais. O italiano acusou o piloto da Honda de sabotar a própria actuação para beneficiar o compatriota Lorenzo, a fim de prejudicá-lo. As decepções, contudo, não desanimaram Rossi na busca pelo sétimo troféu da carreira.

“Quando a decepção começou a ser superada, ele voltou a ter vontade de subir de novo na moto”, explicou a mãe. “Os projectos e sonhos são tudo parte do futuro. Valentino está sempre confiante e pronto para correr. Se ele tem quase 37 anos e ainda está pilotar, é somente por isso.
 Ele gosta da estratégia das corridas, sempre inventa algo e sempre estuda os adversários."

Stefania acredita que, se cada um fizer o seu trabalho em 2016, tudo voltará ao normal e não haverá conflitos oriundos da turbulenta temporada. Questionada sobre o que daria de presente de Natal para os rivais espanhóis, ela receitou algo inusitado para reestabelecer a tranquilidade: “O cachimbo da paz."