Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Rússia ainda sonha com Rio

18 de Julho, 2016

Jogos Olímpicos, sujeita a um recurso apresentado pela Federação de Atletismo de Toda a Rússia

Fotografia: AFP

O arremessador russo de martelo, Sergey Litvinov, acredita que os atletas do seu país vão ser salvos pela Corte Arbitral do Desporto (CAS) para competir nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro no próximo mês. A corte mais alta do desporto deve decidir até na próxima quinta-feira sobre a suspensão do atletismo do país e Litvinov está confiante de que a CAS vai derrubar a proibição a tempo para os Jogos.

"De um ponto de vista legal, temos muito boas oportunidades", disse o atleta de 30 anos de idade à Reuters antes dos Jogos Olímpicos.Litvinov, que ganhou a medalha de bronze no Campeonato Europeu de 2014, seria uma das maiores esperanças da Rússia para uma medalha no Rio, mas com três semanas para o início dos jogos, ainda não sabe se pode competir.A Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) baniu atletas de atletismo da Rússia no ano passado, após um relatório da Agência Mundial Anti-Doping descobrir doping patrocinado pelo Estado de forma sistemática dentro do país.A proibição foi estendida no mês passado, deixando os atletas da Rússia fora dos Jogos Olímpicos, sujeita a um recurso apresentado pela Federação de Atletismo de Toda a Rússia (ARAF) para a CAS.

USADA QUER PROIBIÇÃO
GERAL DE ATLETAS RUSSOS

As agências anti-doping dos Estados Unidos e do Canadá querem banir totalmente a Rússia dos Jogos Olímpicos do Rio, após a divulgação na próxima semana do relatório-chave sobre as acusações de doping durante os Jogos Olímpicos de Inverno de 2014 em Sochi, segundo rascunho de uma carta à qual a Reuters teve acesso.

No rascunho da carta dirigida ao Comité Olímpico Internacional (COI), que vai ser enviada assim que o relatório de Sochi, liderado pelo professor canadense de direito Richard McLaren, for apresentado na segunda-feira, o CEO da agência anti-doping dos Estados Unidos (Usada), Travis Tygart, vai pedir a proibição de todos os atletas russos e não apenas do atletismo."Escrevemos em nome de uma comunidade de atletas limpos e organizações anti-doping que acreditam que o COI pode levar adiante a defesa dos princípios das Olimpíadas", diz o rascunho assinado por Tygart e Paul Melia, CEO do Centro Canadense pela Ética nos Desportos (CCES).