Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Ruhan Gous volta a vencer

H?lder Jeremias - 24 de Abril, 2017

Piloto namibiano domina a competição de Luanda

Fotografia: Vigas da Purificação |Edições Novembro

Ruhan Gous reiterou a supremacia técnica e física no Campeonato Provincial de Motocross de Luanda. O piloto do Team Dinamith venceu de forma convincente, no último sábado, a segunda  jornada da categoria 250cc. O piloto namibiano relegou para as posições imediatas os angolanos do Team Transchipeta, Fernando Baptista, e do Team Orbel, Zé Cazenga.

Sob o calor forte que se fazia às 13h00, Ruhan Gous exibiu-se com muita naturalidade. O namibiano chegou a Luanda 24 horas antes da disputa e descartou a sessão de treinos. O piloto do Team Dinamith apresenta bom ritmo competitivo em função da participação no campeonato namibiano, que decorre em simultâneo.

A vitória de Ruhan Gous foi construída ante o olhar de Zé Cazenga. O namibiano é ousado nos saltos acrobáticos nos diferentes sectores da pista e nas entradas destemidas sobre as curvas. Começou a travar confronto directo com o campeão provincial, que procurava redimir-se do segundo lugar na jornada inaugural.

A aceleração nas curvas e a destreza no poiso levaram Ruhan Gous a distanciar-se de Zé Cazenga a cada volta. No final da primeira manga, coleccionou a vitória ante as presenças de Zé Cazenga e de Fernando Baptista.Na segunda manga, o piloto do Team Dinamith deleitou o público com acrobacias de \"primeira água\". O despique ficou a cargo de Zé Cazenga e de Fernando Baptista.

O último regressou ao país, depois de longos anos a viver na África do Sul. Está dotado de habilidades técnicas e competitivas de boa qualidade que o levaram a arredar o adversário directo para o último lugar do pódio. Na tabela de classificação geral, Ruhan Gous liderou a segunda jornada com 40 pontos, fruto de duas vitórias. Fernando Baptista subiu ao segundo lugar do pódio com 32 pontos, os mesmos de Zé Cazenga no último lugar.

Afastado das competições por contrair uma lesão, na primeira jornada, Custódio Neto deixou o protagonismo da luta fora do pódio para Yane Oliveira, Alfredo Chilola, Flávio Joaquim e Augusto Congo, Garcia Silva e Jocelino José.Fora do Top-10, Jandir Talaia, Etelvino Sebastião, Branquinho Pina e o namibiano Karl Henz foram os grandes ausentes da segunda prova da época.

CATEGORIA 150CC
Humba Carlos continua a justificar o título de campeão. O piloto do Team Fecha Motor obteve a segunda vitória da época na categoria 150cc do provincial de Luanda. Orlando Ribeiro e Cacau Talaia completaram o pódio.Abaixo dos pilotos do Team RVI Transportes e do Motor Service Ideal perfilaram Nelson Cohen, Osvaldo Lemos, Herculano Tchilombo, Delvânio Almeida, António Silva, Augusto Carvalho, Tiago Santiago e José Costa.

CATEGORIA 450CC
Edson Miranda redimiu-se da desqualificação na jornada inaugural ao ocupar o primeiro lugar do pódio da classe dos 450cc (moto 4). O  piloto do Team Orbel venceu a segunda jornada do Provincial de Luanda com vitórias nas duas mangas. O campeão provincial de Luanda subiu ao pódio em companhia de Edson dos Santos e de Hélio Martins.Fora do pódio bateram as palmas Edson Sebastião, Bruno Ferreira, Leonardo Gonçalves, Hélder Gonçalves e Carlos Alberto.