Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Rssia falha prazo para acesso ao laboratrio

03 de Janeiro, 2019

Fotografia: DR

A Agência Mundial Antidopagem (AMA) confirmou ontem, que a Rússia não deu acesso livre aos dados do laboratório de análises de Moscovo até ao prazo de 31 de Dezembro, que era a condição para o levantamento da suspensão que recai sobre o país.
O comité independente da AMA, encarregado de supervisionar o cumprimento do código mundial antidopagem, vai reunir-se a 14 e 15 do corrente, para definir o seguimento a dar ao caso. \"A AMA confirma hoje (ontem), que desde 21 de Dezembro não foi conduzida qualquer missão na Rússia\", revelou a agência, em comunicado, em referência à  recuperação de dados do laboratório implicado num esquema de doping institucional.
As autoridades russas deixaram expirar a data limite de 31 de Dezembro, que a AMA definiu em 20 de Setembro e que era uma das condições para serem levantadas as sanções contra a agência russa antidopagem (Rusada).
\"Estou extremamente desiludido\", reagiu o presidente da AMA. \"Nos dias 14 e 15 de Janeiro de 2019, o comité de revisão de conformidade vai reunir-se e fazer recomendações ao comité executivo da AMA\", acrescentou.
O órgão de cúpula pode vir a pronunciar-se pela não conformidade da Rusada, o que pode ser sinónimo de nova suspensão ao desporto russo.