Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Saída de Alonso da Ferrari deixa Kimi Raikkonen feliz

10 de Dezembro, 2014

Saída de Alonso da Ferrari deixa Kimi Raikkonen feliz

Fotografia: AFP

 Em declarações à Gazzetta dello Sport, o finlandês congratulou-se com a entrada do alemão Sebastian Vettel, de quem diz ser amigo e frisou que o ambiente no seio da escuderia italiana de agora em diante vai melhorar...“Com Vettel vamos ter a oportunidade de trabalhar na mesma direcção. Vamos divertir-nos. Nada vai mudar na nossa relação pelo facto de ter assinado pela Ferrari, somos amigos e vai ser interessante trabalharmos juntos”, começou por dizer o piloto que no Mundial de 2014 foi 12º, bem atrás de Alonso, que terminou em sexto. “O objectivo é tornar a Ferrari mais competitiva, mas creio que Vettel deixará outra contribuição importante: haverá melhor ambiente.

Vai ser agradável competir com o Sebastian.” Quem não fica bem na fotografia é Fernando Alonso, que aparentemente andava a causar mau ambiente no seio da Ferrari. Em Setembro, quando começaram a surgir os rumores de que Vettel em 2015, ia vestir de vermelho, o espanhol alertou para o impacto nefasto dos “boatos” no seio da equipa e fez questão de reiterar a  continuidade em Maranello. Mas o tempo veio provar que os boatos estavam certos e o campeão do Mundo em 2005 e 2006 está de malas feitas para a McLaren.

Só que para ele regressar à escuderia onde já tinha estado em 2007, a equipa britânica tem de optar entre Jenson Button e Kevin Magnussen, algo que ainda não conseguiu. De um lado pesa a experiência e o “know how” do britânico, do outro a irreverência e a juventude do dinamarquês.