Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Salomo Lumbo recusa acusaes do atleta

Gaudncio Hamelay, no Lubango - 14 de Novembro, 2019

Salomo Lumbo presidente da Federao

Fotografia: Gaudncio Hamelay, no Lubango ,Edies Novembro

O presidente da Federação Angolana de Taekwondó, Salomão Lumbo "Flash" considerou infundadas as acusações do atleta do 1º de Agosto, Estafane Gomes, que está a ser projectado para constar da Comissão Técnica daquela instituição.
O dirigente reconheceu que os ânimos alterados do atleta militar tem a ver com a decisão da arbitragem e esclareceu que várias indisciplinas foram constatadas no primeiro dia da competição e os árbitros reuniram no segundo dia, antes de combates, com todos os atletas para avisar do rigor e das sanções a aplicar.
Salomão Lumbo disse que é apanágio da Federação escolher os melhores atletas (campeões) para as selecções nacionais e não vê razão de a acusarem de corrupta. Quanto aos trabalhos da arbitragem, diz ser um "órgão independente" dentro da Federação que se rege por regulamentos próprios. Aconselhou a direcção do 1º de Agosto protestar em carta a decisão e enviá-las aos órgãos que respondem pela matéria na Federação.
Sobre o manuseio do computador, Salomão Lumbo desmente Estafane Gomes.
"É estranho ouvir isso do Estafane Gomes, um atleta que estou a projectar. Ele conhece muito bem o computador e sabe que é difícil acrescentar ou diminuir pontos quando em competição", explicou.
O presidente da Federação revelou que "os árbitros podem acrescentar ou retirar pontos a meio ou paragem de um combate depois de solicitação". Por isso "não tem cabimento tal acusação", disse.
Salomão Lumbo desmente a existência de corrupção na Federação, porque os "resultados positivos de uma competição nacional" beneficia sempre a instituição reitora da modalidade no país.
"A Federação não beneficia de nada ao dar a vitória a um atleta, caso o leve a uma competição internacional. Queremos os melhores e só vamos levar os melhores", salientou.