Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Samuel de Sousa foi ontem a enterrar

Sérgio V. Dias/no Cuito - 17 de Setembro, 2014

Ex-director do Minjud do Bie

Fotografia: Jornal dos Desportos

Samuel Luís de Sousa, falecido sábado último, vítima de morte súbita, foi a enterrar ontem no cemitério municipal do Cuito, na província do Bié. Familiares, amigos, membros do governo e da sociedade civil estiveram presentes no último adeus ao ex-director do Ministério da Juventude e Desportos (MINJUD) no Bié.No elogio fúnebre, destacou-se a grandeza de Samuel Luís de Sousa e a quem se reconheceu o mérito de ajudar a colocar o desporto bieno no mais alto pedestal.

Destacaram-se, entre as várias mensagens, lidas na ocasião, as das Direcções locais do Minjud, do Sporting Clube do Bié, da OMA e da JMPLA, estas duas organizações afectas às estruturas de base do MPLA.  Nascido em Luanda, além do dirigismo desportivo, o malogrado Samuel de Sousa destacou-se, também, como praticante e técnico de atletismo e de futebol.

Além de ter exercido as funções de director do Minjud do Bié durante 18 anos (1980 a 1998), Samuel Luís de Sousa assumiu também a condução da direcções locais da Energia e Águas e do Clube Sporting. Na área de treinamento desportivo, notabilizou-se nas equipas do Vitória Atlético Clube e do Sporting do Bié (ex-União Petro), bem assim como na selecção provincial de futebol. Também influenciou no surgimento de emblemas como o Sporting da Maxinde de Malange e do União Petro do Bié, hoje Sporting.

Além disso, Samuel de Sousa contribuiu grandemente para os programas de algumas associações desportivas no Bié, com particular destaque para as de futebol, basquetebol, andebol, hóquei em patins.Como praticante do desporto, o antigo director do Minjud do Bié representou as cores dos Dinizes de Ndalatando, 11 Bravos de Kinzau e Sporting do Bié entre os anos de 1960 e 1970. Com o seu passamento físico aos 76 anos, o país e a província do Bié, particularmente, perdem uma figura que grande contributo deu para a edificação da causa desporto e não só. Paz à sua alma!