Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

São Silvestre apresentada hoje

Silva Cacuti - 23 de Julho, 2014

Coqueiros, onde vai estar a meta final, perfazendo dez quilómetros. Stanley Biwot e Priscah Jeptoo são os vencedores da edição passada.

Fotografia: José Soares

A expectativa em torno do pacote de premiação para a 59ª edição da corrida de fim de ano, a São Silvestre de Luanda, é o tónico do lançamento da   hoje, às 10h00, no Hotel Alvalade, pela Federação Angolana de Atletismo (FAA). A FAA pretendia fazer a apresentação em Março, mas adiou o acto, "por questões técnicas".

Para já, relativamente à edição anterior, não se esperam grandes alterações. O percurso mantém-se o da edição anterior, homologado pela IAAF.
Na edição passada, a prova ofereceu o prémio de 15 mil dólares (cerca de 1,5 milhões de kwanzas) ao vencedor masculino e dez mil dólares (cerca de um milhão de kwanzas) à vencedora.

A FAA tinha definido marcas mínimas para os atletas angolanos, que,  caso  as conseguissem ganhavam cerca de 7,5 mil dólares (cerca de 750 mil kwanzas). Para se habilitarem ao prémio, os homens deviam correr a prova em 28min48s, ao passo que, para as senhoras, foi estabelecido o mínimo de 33min51s. Caso apenas um atleta estabelecesse os mínimos, arrebatava a totalidade do prémio, ou seja, 15 mil dólares. Ninguém conseguiu alcançar as marcas estabelecidas.

Além da tabela de prémios, os analistas esperam que nesta edição a Federação anuncie uma restrição ao número de participantes estrangeiros por país para se conseguir trazer os melhores para Angola. "Não serve de nada termos 20 etíopes inscritos pois não trazem nada de novo à prova.  Alguns terminam atrás dos nossos atletas. Deviam adoptar o que faz a São Silvestre brasileira que estabelece números limitados de participação dos atletas por nacionalidade", disse João Tomé, antigo praticante.

Da partida, no Largo da Mutamba, os corredores tomam o sentido ascendente, para o Largo Serpa PInto, Avenida Revolução de Outubro, seguem para a Avenida Ho Chi Minh, Largo das Heroínas, Largo 1º de Maio, entram pela Alameda Manuel Van Dúnem, descem a Rua da Missão, continuam na Rua

Cirilo da Conceição, passam pela Avenida 4 de Fevereiro, Largo do Baleizão, tomam a Rua Manuel Fernando Caldeira em direcção ao Estádio dos Coqueiros, onde vai estar a meta final, perfazendo dez quilómetros. Stanley Biwot e Priscah Jeptoo são os vencedores da edição passada.
SILVA CACUTI