Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

So Silvestre confirma inscries

Silva Cacuti - 15 de Novembro, 2014

As emoes da maior prova de fundo da frica Austral mexem com os principais candidatos ao ttulo

Fotografia: M. Machangongo

O processo de inscrição de atletas estrangeiros para a 59ª corrida de fim de ano, a São Silvestre de Luanda, está na fase final, segundo fonte da organização. A prova disputa-se a 31 de Dezembro e conta com cerca de 70 corredores estrangeiros, de 13 nacionalidades, que cumpriram com a pré-inscrição. O Quénia e a Etiópia são os países que inscreveram o maior número de atletas, com 28 e 23 corredores.

A nossa fonte não confirmou se os quenianos Stanley Biwot e Priscah Jeptoo, vencedores da edição passada, estão entre os inscritos.

“Temos este processo de inscrição de atletas estrangeiros no fim, até 30 do corrente passamos à fase de confirmações, embora já tenhamos algumas confirmações feitas”, disse a nossa fonte, alegando não estar autorizada a fornecer dados.

Cada agente deve inscrever um máximo de três atletas (feminino) e outros tantos (masculino).

A São Silvestre de Luanda de 2014 volta a ter corredores estrangeiros convidados pela organização, no âmbito do novo formato da prova que visa aumentar o número de países participantes. Neste particular, alguns países membros da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), designadamente Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Moçambique e Guiné Bissau vão ter cada um, dois atletas convidados. A deslocação, alojamento e alimentação dessas delegações vão estar às expensas da organização. O mesmo tratamento vão ter os países da região austral do continente africano, como a Namíbia, África do Sul, Lesotho, Swazilândia, Zâmbia e Zimbabwe.

“O nosso objectivo com este novo formato é tornar a prova mais inclusiva, do ponto de vista da participação de países, mais competitiva, para valorizar as capacidades físico-atléticas e consequentemente potenciar a marca ‘São Silvestre’ no contexto regional”, refere uma nota de imprensa da organização.

O tiro de largada vai ser dado no Largo da Mutamba, os atletas seguem em direcção ao Largo Serpa Pinto, Largo da Maianga, Avenida Revolução de Outubro, Avenida Ho-Chi-minh, Largo das Heroínas, Largo 1º de Maio, Avenida Alameda Manuel Van-dúnem , Largo do Kinaxixe, Rua da Missão, Rua Cirilo da Conceição, Avenida 4 de Fevereiro, toma o sentido do Largo do Baleizão e segue à Rua Manuel Caldeira até chegar ao Estádio dos Coqueiros, perfazendo dez quilómetros o percurso.


AOS INTERESSADOS
Luanda cria novos
pontos de inscrição


O Largo 1º de Maio e a nova Marginal de Luanda vão ser alguns pontos da capital do país, onde os interessados em participar na corrida de fim de ano vão poder inscrever-se, quando o processo de inscrições para a São Silvestre assim o justificar.

“Diferentemente das edições anteriores, estamos a equacionar o aumento de pontos de inscrições. No ano passado, criamos postos na sede do Interclube, do 1º de Agosto, em Cacuaco. Este ano, vamos montar postos no Largo 1º de Maio e da nova marginal, locais que têm registado muita adesão de pessoas ávidas em praticar exercícios físicos e corridas”, disse uma fonte da organização.

Actualmente existe apenas um ponto para as inscrições instaladas na sede da Federação Angolana de Atletismo, à Cidadela Desportiva. O ponto de inscrições atende uma média de 15 pessoas por dia. 
SILVA CACUTI