Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Sebastian Coe elogia Usain Bolt

02 de Setembro, 2015

Às vésperas de assumir a presidência da Federação Internacional de Atletismo (IAAF), o britânico Sebastian Coe não demorou a rasgar elogios ao jamaicano Usain Bolt. O novo responsável do atletismo mundial destacou a força do Raio, responsável por três medalhas de ouro no Mundial de Pequim, e o comparou a um dos maiores pugilistas da história.“Desde Muhammad Ali nos anos 60 e 70, nenhum outro desportista cativou a imaginação do público como fez Bolt”, afirmou Coe. No Ninho do Pássaro, palco do início da sua hegemonia nas Olimpíadas de 2008, o jamaicano facturou o título nos 100m, 200m e 4x100m e chegou a sua 11ª medalha em mundiais. Coe reconheceu que Bolt desperta o interesse dos espectadores na modalidade, mas refutou a ideia de o atletismo perder força com a possível aposentadoria do Raio após os Jogos do Rio 2016.

“Não deveríamos estar preocupados, porque no nosso desporto temos alguns dos mais espectaculares talentos sobre-humanos. O desafio é conseguir que as pessoas saibam que existem esses outros atletas. Nos anos 60 e 70 também se falava muito sobre se seria possível que houvesse outros minutos depois de Ali, e houve”, acrescentou Coe. O dirigente incomodou-se com as perguntas relacionadas ao escândalo de doping que a IAAF enfrenta e destacou as tentativas de erradicar o problema. No Mundial de Pequim, foram registados apenas dois casos. As quenianas Joyce Zakari e Koki Manunga, dos 400m livres e com barreiras, respectivamente, foram flagradas em testes e acabaram suspensas provisoriamente.