Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Sebastian Vettel renova até 2015 com a Red Bull

13 de Junho, 2013

Piloto alemão acabou por renovar o seu vínculo com a Red Bull

Fotografia: AFP

A Red Bull Racing anunciou na passada terça-feira, através de comunicado, ter chegado a acordo com o alemão Sebastian Vettel para a renovação do contrato que liga as duas partes por mais uma época, fixando o novo vínculo até 2015.

Vettel, tricampeão Mundial e actual líder do campeonato, foi várias vezes apontado para a Ferrari e Mercedes, mas esta renovação coloca um ponto final às especulações.

Aos 25 anos, Vettel está bem colocado para somar o quarto título de campeão da F1 e igualar o francês Alain Prost como terceiro piloto com mais conquistas, mas ainda a três do supercampeão Michael Schumacher.

AVISO À NAVEGAÇÃO

Não é por acaso que o alemão Sebastian Vettel tem dominado o Mundial de Fórmula 1, conquistando os últimos três títulos. Além de a sua equipa, a Red Bull, ser a mais fiável, o piloto teutónico tem um espírito matador, como ficou provado no passado domingo, no GP Canadá, ganho sem contestação.

O germânico conquistou a pole-position e dominou a corrida, deixando a concorrência, liderada pelo espanhol Fernando Alonso (Ferrari), a mais de 14 segundos. Bem parecia um fim-de-semana de sonho...

Mas Vettel não deixou de ser criticado, para mais porque cometeu um erro na volta 52, sendo obrigado a rodar na relva, quando pisava o prego a fundo, à procura de estabelecer a volta mais rápida.

Foi então que o engenheiro da marca, Guillaume Rocquelin, se insurgiu nas boxes, deu um grito e enviou para a cabina do RB9 uma mensagem concisa e codificada, para alertar Vettel da imprudência da sua condução.

“Mónaco, 1988, Senna”, relembrou Rocky, para controlar a mentalidade do alemão, implacável na forma como tenta prolongar o seu reinado, como, aliás, o fazia Ayrton Senna, triplo campeão mundial.

O brasileiro, falecido no GP San Marino (1994), também não soube levantar o pé do acelerador quando dominava o GP Mónaco de 1988, com mais de um minuto de vantagem sobre o francês Alain Prost. Foi então que cometeu um erro e embateu nos rails, deixando o triunfo escancarado para o francês.

FÓRMULA 1
Jovens efectuam testes
no circuito de Silverstone


Jovens pilotos da Fórmula 1 efectuam, entre os dias 17 e 19 de Julho, testes de admissão no circuito de Silverstone. O evento ocorre apenas uma semana antes do Grande Prémio da Hungria, o último do calendário da categoria antes do tradicional recesso de verão.

O teste de Silverstone é aberto a todos os pilotos com participações em dois Grandes Prémios da F-1 (no máximo). O evento é considerado também uma boa vitrine para jovens que ainda procuram uma vaga na categoria. Na temporada passada, Luiz Razia andou em treinos do género pela Force India e Toro Rosso,

O teste de Silverstone pode ser um dos últimos para jovens pilotos da Fórmula 1, já que este tipo de evento pode sair do calendário da categoria como parte da proposta para o regresso aos treinos dentro da época.