Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Segundo lugar anima o Vuty

Hélder Jeremias - 24 de Dezembro, 2014

“Ainda não tenho nada em concreto, mas veremos o que vai ser da próxima época”, disse o piloto.

Fotografia: Jornal dos Desportos

O piloto da TDA, Helder Coelho “Vuty”, mostrou-se satisfeito por conseguir o segundo lugar do Campeonato Angolano de Rali/Raid 2014, conquistado por Henrique Van Unden. O vice-campeão disse que enfrentou enormes dificuldades ao longo da época.

O piloto da TDA justificou que o campeão teve melhores condições técnicas e administrativas para levar de vencida a empreitada. Henrique Van Unden correu com uma motorizada mais moderna, à semelhança de outros pilotos com quem travou confronto directo na maior competição radical do território nacional.

“Foi uma época bem disputada, pois os meus adversários mostraram bom momento desportivo. Não foi fácil correr com uma motorizada menos evoluída. Por isso, a meta era defender um dos lugares cimeiros. Terminei na segunda posição e o sentimento é de dever cumprido”, disse.

Afastado do Campeonato Nacional de Velocidades na categoria EVO 600cc, Helder Coelho “Vuty” viu-se confrontado com uma concorrência sem precedentes nas picadas nacionais. Ao longo da época desportiva, venceu duas etapas, obteve quatro segundo lugares e uma ausência.

Com uma ficha de serviço rica de troféus da categoria de motocross e do campeonato de velocidades, Helder Coelho faz parte do mais fino crivo de pilotos nacionais, onde se destacam nomes como Sandro Carvalho, Zé Comando, Henrique Van Unden, Sérgio Fonseca, Dinho Máquina, Mateus Dimas “Cawboy”, entre outros.

O piloto pondera a sua prestação na próxima época desportiva. A TDA ainda não confirmou a presença nas várias categorias de motociclismo em 2015. As qualidades técnicas permitem-lhe augurar uma época revestida de êxitos. Vários patrocinadores pretendem vê-lo nas suas equipas. “Ainda não tenho nada em concreto, mas veremos o que vai ser da próxima época”, disse o piloto.  
HELDER JEREMIAS