Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Seleco chega hoje Tunsia

lvaro Alexandre - 29 de Março, 2013

Adolescentes angolanos desembarcam hoje na capital da Tunsia para o campeonato africano

Fotografia: Jornal dos Desportos

A delegação angolana ao Campeonato Africano de Ténis de Mesa em cadetes e juniores de ténis de mesa chega hoje, às 23h00, à cidade de Tunes (Tunísia), sede da prova. A representação angolana é integrada por 11 membros e tem como objectivo posicionar-se entre as três melhores selecções africanas. Os angolanos deixam o centro de estágio do Vitória de Setúbal, em Portugal, às 12h00, com destino à Tunísia. As selecções nacionais escalam Paris, às 15h45, onde apanham o voo de ligação.

O Grupo é chefiado por Messias Gonda, vice-presidente da Federação Angolana de Ténis de Mesa. Fazem parte da delegação a Antónia Ribeiro (vice-presidente), Manuel Pimenta (técnico principal) e os atletas  Alésio Peter, Edvane Neto, Elizandro André, Paixão da Silva, Maria Samalinha, Ruth Tavares e Isabel Albino. Para conforto dos atletas na prova, o técnico chinês Ming Qiang Wang, experiente estratega em metodologia de treino, junta-se à comitiva angolana na Tunísia. Ming Wang vai prestar assessoria técnica aos atletas e ao seleccionador nacional. 

Ming Qiang Wang é o responsável pela formação dos atletas angolanos. Durante um  ano e seis meses, os jovens mesatenistas receberam preparação específica na China, no âmbito do protocolo de dois anos rubricado entre a Federação Angolana de Ténis de Mesa e a empresa de construção civil chinesa Citic Construção. Os prováveis adversários de Angola são os mesatenistas do Egipto, Tunísia, Argélia, Marrocos, Nigéria, África do Sul, Congo Brazzaville, Malawi, Botswana, Gana e Costa de Marfim. O seleccionador nacional, Manuel Pimenta, acredita que é possível ficar entre os três melhores países do continente africano.

“A preparação efectuada em Portugal foi  positiva, na medida em que fizemos jogos com vários atletas, muito dos quais mais fortes e de outros níveis”, disse. Pimenta assegura que a preparação recebida vai dar outra visão nos jogos africanos. “Hoje, os nossos atletas estão mais à-vontade e sem receio dos adversários. E em função dos investimentos realizados pela direcção da Federação, a nossa meta é ficar entre os três primeiros do continente”, assumiu. O Campeonato Africano de Ténis de Mesa em cadetes e juniores realiza-se de 1 a 6 do próximo mês.


COMPORTAMENTO
Chinês Wu Jian Wei avalia angolanos


O jogador chinês Wu Jian Wei aconselhou ontem, no final do jogo treino, realizado na sala de jogos do Victória de Setúbal, os mesatenistas angolanos a não ficarem presos à fórmula típica chinesa de praticar o ténis de mesa. Na final do amistoso que efectuou com atletas masculinos, o atleta profissional, que já jogou na super-liga chinesa de ténis de mesa e reside em Portugal há mais de 10 anos, disse que “os angolanos têm um jogo tipicamente chinês. Falham muito, porque querem usar muito a perfeição”. Wu Jian Wei venceu todas as partidas que defrontou ontem com os angolanos. Bateu Elizandro André por 3-0, com parciais de 11-7, 11-8 e 11-8; derrotou Alesio Peter por 3-0, com parciais de 11-6, 11-8 e 11-3 e Paixão da Silva por 3-1.

Noutras partidas, o angolano Edvane Neto venceu o português André Santos, por 3-1, e Alesio Peter despachou o português Diogo Artur, por 3-2. No período da manhã de hoje, a Selecção Nacional efectua a última sessão de treinos no centro de estágio do Vitória de Setúbal. A preparação vai incidir em treinos de multi-bolas, serviço e recepção de serviço. “Vamos realizar um trabalho específico, direccionando a posição para servir e sem cometer falhas no bolar, escolher o lado em que a bola deve ser colocada e sem correr muitos riscos de ser atacado”, concluiu o técnico Manuel Pimenta.
ÁLVARO ALEXANDRE, EM LISBOA