Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Seleco da Frana favorita da prova

04 de Setembro, 2015

O campeonato europeu de basquetebol snior masculino arranca amanh e a anfitri Frana est na primeira linha dos favoritos

Fotografia: AFP

A França, com sete jogadores da NBA e anfitriã da fase decisiva, é a principal favorita à conquista do título europeu de basquetebol, que está na sua posse, depois da vitória em 2013, na Eslovénia.

A Espanha, sem Marc Gasol, Juan Carlos Navarro, Ricky Rubio e José Manuel Calderón e com Nikola Mirotic em vez de Serge Ibaka, e a Sérvia, de Milos Teodosic, são as outras mais fortes pretendentes ao ceptro, enquanto como "outsiders" surgem Itália, Grécia, Turquia, Lituânia e Croácia.

O Eurobasket2015 começa no sábado, em quatro cidades de outros tantos países: Montpellier (França), Berlim (Alemanha), Zagreb (Croácia) e Riga (Letónia) acolhem, até 11 de Setembro, a primeira fase da competição.

A segunda fase arranca a 12 de Setembro na cidade francesa de Lille, englobando oitavos-de-final, "quartos", meias-finais e, a 20 de Setembro, a final: as duas selecções que a atingirem qualificam-se directamente para os Jogos Olímpicos de 2016.

O aliciante do apuramento olímpico fez com que alguns dos mais consagrados e experientes basquetebolistas europeus tenham decidido aceitar o convite para voltarem a representar as suas equipas nacionais.

O caso principal é o do alemão Dirk Nowitzi, dos Dallas Mavericks, da Liga norte-americana de basquetebol profissional (NBA), que, aos 37 anos, regressa à seleção da Alemanha, da qual andava arredado desde 2011.

No total, 28 jogadores com a marca NBA vão estar presentes na 38.ª edição do Europeu, com destaque para os franceses Tony Parker e Boris Diaw, campeões pelos San Antonio Spurs, e para o extremo-poste espanhol Pau Gasol, que actua nos Chicago Buls e conquistou dois ceptros pelos Los Angeles Lakers.

Ao aglutinar selecções de elevado nível, como Alemanha, Espanha, Sérvia, Itália e Turquia, o Grupo B é considerado o 'grupo da morte' e que vai proporcionar, em Berlim, alguns dos duelos mais empolgantes da competição.

A primeira fase é constituída por quatro grupos de seis selecções. Qualificam-se para a segunda fase, em Lille, os quatro primeiros classificados de cada agrupamento, passando-se à fase a eliminar.