Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Seleco de rtmica parte hoje para Portugal

Rosa Napoleo - 01 de Setembro, 2014

Seleco de rtmica parte hoje para Portugal

Fotografia: Jornal dos Desportos

As representantes nacionais recebem as últimas recomendações no Centro de Alto Rendimento de Sangalhos com técnicos portugueses. A rectificação das falhas nos esquemas de conjunto misto e conjunto de massa, assim como na montagem das coreografias, dominam os trabalhos em Portugal.

O grupo de oito ginastas provenientes das equipas de Luanda, Benguela e Huíla dedicaram já algum tempo na preparação desta competição. Os primeiros testes foram realizados em Luanda, os segundos na província do Huambo, onde acostumaram o físico ao clima frio, predominante no país anfitrião.

Durante os trabalhos no Huambo, as meninas trabalharam na montagem das coreografias dos conjuntos e individuais e efectuaram pré-competições entre si com os aparelhos de fita, massa, arco e bola.

Em declarações ao Jornal dos Desportos, Semba Miguel, técnico principal do conjunto nacional, disse que estas meninas são uma referência a nível nacional e estão capacitadas para arrecadar medalhas.

"Vamos a este mundial para competir de igual para igual. Angola é actualmente um dos melhores países de África a nível da rítmica e nós devemos confiar nas capacidades das nossas atletas. Temos o exemplo de muitas medalhas já conquistadas em competições internacionais que nos dão segurança. Uma das seleccionadas para esta prova é também a Ana Panzo, bolseira na Rússia e é detentora da medalha de ouro na Taça do Mundo, disputada recentemente em Lisboa. Ela superou 17 países. É um feito surpreendente e um indicativo positivo para as nossas possibilidades nas provas internacionais como este mundial da Turquia", disse.

Na lista das seleccionadas estão Beatriz Casselo, Mónica Gaspar, Eunice Ferreira, Yulanda António, Nkumba Suzana, Yolanda Gaspar, Ana Panzo, Alice Tomás, Jandira Henriques, Margarida Cabral, Sofia Higino e Benilde Panguleipo.

No último Campeonato Africano, na Namíbia, em Abril e Maio passado, Angola conquistou 23 medalhas, das quais seis de ouro, 12 de prata e cinco de bronze.