Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Selecção Militar falha Zonais 4.3

Álvaro Alexandre - 24 de Abril, 2016

Integrantes da Selecção Nacional Militar perderam a oportunidade de se qualificar para as Olimpíadas Mundiais de Xadrez a decorrer em Baku

Fotografia: Álvaro Alexandre

A Selecção Nacional Militar é a principal equipa de Angola ausente dos Campeonatos Africanos de Xadrez Individuais da Zona 4.3 que começam hoje, às 15h00, no Hotel Riu Creole, Pointe Su Ouest , Le Morne, nas Ilhas Maurícias. Com a desistência, à ultima hora, a equipa das Forças Armadas Angolanas fica privada da qualificação às Olimpíadas Mundiais de Xadrez de 2016.

A Selecção Nacional Militar de xadrez constituída por Kinuavuidi Keto, Agostinho Diogo, Adriano Gonçalves, Avelino Fernandes (capitão) e Adelino Correia (árbitro) seria chefiado por Fernando Antunes e ainda não procedeu a explicações públicas sobre a desistência do compromisso assumido com a Federação Angolana de Xadrez e com o Comité Organizador.

O Jornal dos Desportos procurou ouvir os membros da Direcção Nacional, que respondem pela política e desenvolvimento da actividade desportiva no ramo do Exército, mas não teve sucesso. Questões de ordem financeira pode estar na base da desistência.

Com a renúncia forçada da Selecção Nacional Militar, a presença de Angola na maior reunião regional de xadrez é assegurada pelas equipas Progresso Sambizanga, 1º de Agosto, Epal e Escola de Xadrez de Viana João Júlio.Os jogadores angolanos vão tentar obter o passe de acesso à 42ª edição das Olimpíadas Mundiais de Xadrez, marcado para o período de 17 a 30 de Setembro do ano corrente, na cidade  de Baku, capital de Azerbaijão. A competição das Ilhas Maurícias reserva um lugar masculino e um feminino para as Olimpíadas de Baku.

O objectivo do país é pretendido pelos Mestres Internacionais David Silva, bicampeão africano de juniores, e Erikson Soares, ambos do Progresso Sambizanga; Candidato a Mestre João Júlio, Domingos Paulino e Manuel Alberto, todos da Escola de Xadrez de Viana; Fátima Reis e Valquíria Rocha, ambas da EPAL; e Irineia Gabriel, do 1º de Agosto.

A reunião técnica dos Campeonatos Africanos de Xadrez Individuais está agendada para hoje, às 10h00, na sala de conferência do Hotel Riu Creole.

Participam do evento representantes da África do Sul, Angola, Botswana, Ilhas Comores, Ilhas Maurícias, Ilhas Seicheles, Lesotho,  Malawi, Moçambique, Namíbia, República Democrática do Congo, Suazilândia, Zâmbia e Zimbabwe.

As provas vão ser disputadas no sistema suíço a nove jornadas e cada xadrezista vai ter 90 minutos para superar o adversário no tabuleiro.