Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Selecção Nacional regressa domingo

Rosa Napoleão - 04 de Setembro, 2013

Selecção Nacional de Ginástica Rítmica de Conjuntos regressa domingo do Mundial da Ucrânia

Fotografia: Jornal dos Desportos

A Selecção Nacional de Ginástica Rítmica de Conjuntos regressa domingo do Mundial da Ucrânia, onde alcançou o 13º lugar da classificação geral, na sua primeira participação.

O segundo Campeonato do Mundo decorreu de 28 de Agosto a 2 de Setembro mas tanto a selecção de conjuntos como os atletas individuais que representaram o país só regressam domingo devido à escassez de voos. 

Num universo de 300 atletas, os ginastas angolanos que disputaram a prova de conjuntos ficaram entre os 90 melhores do mundo, à frente de Portugal, Argélia, Egipto e outras selecções mais experimentadas.

O conjunto angolano apresentou duas coreografias num esquema misto de bola, massa, fita e arco.
Nos esquemas individuais, as ginastas Ana Mpanzo e Nkumba Suzana ficaram entre os 102 países, tendo arrecadado o prémio de equipa revelação.
Com esta classificação, Angola subiu para o 53º lugar do ranking mundial.

O presidente da Federação Angolana de Ginástica, Auxílio Jacob, disse ontem ao Jornal dos Desportos, por telefone, que a ginástica atingiu um nível jamais previsto. “Estamos satisfeitos com o resultado que alcançámos neste Mundial.  É a primeira vez na história de Angola que a ginástica chega a este patamar. Conseguimos entrar no grupo dos países mais competitivos do mundo e até fomos convidados pela FIG para começarmos a preparar-nos para os Jogos Olímpicos”, disse.
Rosa Napoleão



VOLEIBOL
Federação  prepara nacional


A direcção da Federação Angolana de Voleibol reúne-se amanhã na sua sede social, na Cidadela Desportiva, para abordar os aspectos inerentes à preparação dos Campeonatos Nacionais de sala, a decorrer de 10 a 20 de Outubro.

De acordo com Valentim Domingos, presidente de direcção, a intenção é realizar um campeonato que supere as expectativas da edição anterior.
“Ainda temos um mês para começarmos a preparar os nacionais de sala, mas pretendemos que esta edição supere as expectativas do primeiro nacional.
Rosa Panzo.

NATAÇÃO
Veterana nada de Cuba aos EUA


A nadadora americana de longa distância, Diana Nyad, de 64 anos, tornou-se segunda-feira na primeira pessoa a atravessar o estreito da Flórida a partir de Cuba sem uma protecção contra tubarões.

Diana Nyad obteve o sucesso na sua quinta tentativa, tendo levado 53 horas para chegar à costa depois de partir de Havana. Completou os cerca de 177 quilómetros de viagem e estabeleceu um recorde de natação mais longo no oceano sem uma jaula contra tubarão, de acordo com a sua tripulação.

Diana Nyad foi recebida por uma multidão que aproveitava o sol na praia durante o feriado do Dia do Trabalho em Key West, sendo felicitada e fotografada. A nadadora foi imediatamente colocada numa maca e hidratada, antes de ser levada para um hospital. O seu rosto parecia queimado e seus lábios estavam inchados.
Essa foi a sua quinta tentativa de realizar a travessia em 35 anos.

Cerca de 3,2 quilómetros antes de chegar a Key West, Diana Nyad fez uma breve pausa para agradecer à sua equipa de apoio.
“Este é um sonho da minha vida e eu estou muito, muito feliz por estar com vocês”, disse. “Vamos indo, para que possamos ter uma festa enorme”, continuou.