Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Seleco por equipas encerra com derrota

Teresa Luis, Rabat - 24 de Agosto, 2019

Fotografia: Edies Novembro

 A derrota de três sets a zero com parciais de 1-3 e 2-3 serviu de despedida da selecção nacional de ténis de mesa por equipa da 12 ª edição dos Jogos Africanos de Rabat, que decorre no pavilhão Moulay El Hassan, em Marrocos. Os angolanos perderam diante dos argelinos e ficaram na 10ª posição da classificação geral.
A equipa orientada por Manuel Pimenta apresentou-se abaixo dos níveis competitivos habituais. No primeiro set, os angolanos baquearam por 0-3. No primeiro, houve a intenção de reagir, mas foi sol de pouca duração. Voltaram a perder por 1-3 e no último set, tentaram reagir e perderam por 2-3.
Angola entrou mal na competição. Começou com a derrota diante do Congo por 0-3. Depois, venceu as ilhas Maurícias e qualificou-se aos oitavos de finais, no qual perderam com a Tunísia por 0-3.
A partir de ontem, começaram as provas individuais em masculino e as pares em feminino.
Ao avaliar a prestação, o técnico Manuel Pimenta desabafou: “Falta-nos jogos".
"Às vezes, não gostamos de ouvir as verdades. Foi isso que faltou. Começámos a preparar os Jogos Africanos em Julho, mas sem jogos de controlo. Os atletas não têm ritmo. Enquanto treinador, não tenho como auferir o nível competitivo deles”, disse. 
Alessio António, Elizando André, Domingos Francisco, Isabel Oliveira e Ruth Tavares são os atletas ao dispor de Manuel Pimenta.