Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Selecção realiza primeiro treino

21 de Abril, 2015

Selecção está em fase de renovação cuja média de idade é vinte anos visando novas conquistas em provas internacionais

Fotografia: José Soares

A Selecção Nacional paralímpica de atletismo realiza hoje, o primeiro treino em São Paulo, Brasil, depois de deixar  a capital do país, onde a partir de quinta-feira (23) vai participar pela terceira vez no Open-Brasil Caixa Lotarias, na cidade de São Paulo.

Com uma selecção em fase de renovação, cuja média de idade é 20 anos, integra o combinado nacional apenas um veterano, Octávio dos Santos, 33 anos e duas presenças consecutivas em Jogos Paralímpicos Pequim2008 e Londres2012.

O atletismo nacional já esteve presente nessa competição qualificativa aos jogos Paralímpicos nas edições de 2013 e 2014, na base de um convénio entre Angola e Brasil, no domínio do desporto adaptado.

CONSTITUIÇÃO DO GRUPO

Fazem parte do combinado que partiu, ontem, para o Brasil os atletas: Octávios dos Santos, Esperança Gicaso (ambos de Luanda), José Chamoleia (Huambo), Fernando Simão (Malange), Befilia Buiyo (Bié) – deficientes visuais da classe T11, Rodé dos Santos (Huambo), Joaquim Manuel (Cuanza Sul) – visuais da classe T12, Alberto Lussasse (Bié) - deficiente motor da classe T46, Alcides Festo, Laureta Cassinda  (ambos do Huambo) e António Rock (Namibe) - cadeirantes da classe T54.

Viajaram igualmente para o Brasil os guias: Issac Adão, Alaine Baptista (ambos de Luanda), Mateus Francisco, Nicolau Palanca (os dois de Malange) e Eduardo Chimboto (Bié).

A equipa técnica é liderada por José Manuel (treinador principal) e Constância Tomás (fisioterapeuta), num grupo que integra ainda o secretário-geral do Comité Paralímpico Angolano (CPA), António da Luz e sua adjunta, Telma Silva, esta última na condição de chefe da delegação.