Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Seleco refora preparao na areia

Rosa Napoleo - 02 de Julho, 2015

Atletas angolanos treinaram com o fito de conquistarem medalhas nos Jogos Africanos de Brazzaville que decorrem em setembro

Fotografia: Kindala Manuel

Os trabalhos de força nas areias da Ilha de Luanda estão a dominar esta semana os trabalhos de preparação dos judocas que vão representar o país nos Jogos Africanos, agendados para Setembro no Congo Brazzaville.

O conjunto que iniciou os treinos há mais de três meses, integra os judocas Nair Garcia -66 kg, Fidel Jaime -80 kg, Pedro Ebo 73 kg e Antónia de Fátima -70 kg, estando os dois últimos a treinar no exterior do país.

Nas duas últimas semanas o grupo de Luanda comandado pelo técnico Yuri Paim, esteve a observar as técnicas de musculação e exercícios manutenção física, ao passo que Pedro Ebo e Fátima António "Faia", trabalham na Hungria e na França. Os dois internacionais só se juntam ao grupo no palco da competição na altura de representar o país.

O treinador Yuri Paim, reconheceu ao Jornal dos Desportos que os trabalhos estão a correr bem, face à entrega dos atletas. "Os treinos decorrem sem sobressaltos, tanto em termos tácticos como físicos por causa do empenho dos judocas que estão, igualmente, ansiosos em medalhar".

Em termos de condições de trabalho, o técnico queixou-se do estado dos tapetes de treinos e disse que esta situação tem dificultado a preparação dos representantes de Angola.

"A selecção, em si, não está habituada a treinar neste tipo de tapete, pelo que temos tido muitas dificuldades, mas são as condições que temos e vamos continuar a trabalhar", rematou. Quanto aos objectivos de Angola nos Jogos Africanos, Yuri Paim, mostrou o desejo de conseguir medalhas. "É do conhecimento de todos que quando a selecção sai em competição o objectivo é conseguir medalhas e vamos fazer tudo para não fugirmos à regra", disse.

O técnico apontou a mais-valia dos atletas em causa que garantem alguma esperança de medalhas. "Penso que os judocas seleccionados carregam bastante experiência nas provas internacionais.

O Edmilson, o Délcio e o Mário Pentecoul que conseguiram medalhar nos jogos da SADC, carregam para esta prova maior responsabilidade".
Em relação aos dois atletas, (Pedro Ebo e Fátima Antónia), que se preparam no exterior, Yuri Paim referiu serem judocas habituados à altacompetição.

"Estamos a falar de dois atletas que são de elite nas suas categorias a nível de África. O Pedro já possui vários títulos e da Faia todos nós conhecemos os seus feitos. Vamos confiar e esperar o melhor deles", perspectivou.

Antes dos jogos africanos, a modalidade vai estar ainda com os juniores no Campeonato Africano agendado para Julho, no Egipto. Para esta competição estão convocados sete judocas da classe de juniores que efectuam treinos no ginásio da escola Ngola Mbandi.

Domingos Jerónimo (60 kg), Edmilson Pedro (66 kg), Desio Mateus (73 kg), Rodrigues Lucas (73 kg), Sabino Segunda (81 kg), Maura Kiala (48 kg), Rosa Prudente (52 kg) e Diyassonama Neide (56 kg) são os que compõem a lista dos seleccionados.